ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Mortes de profissionais da saúde por Covid-19 despencam após vacina, indicam estudos

Brumado: Homem tenta assaltar supermercado com 'garrucha' e é contido por populares

Brumado registra quatro óbitos de coronavírus em 24h

Jovem de 20 anos morre após acidente entre motocicleta e carro na BA-262, trecho entre Brumado e Aracatu

Brumado: Surto de Covid-19 atinge o legislativo brumadense, diz vice-presidente da Câmara

‘Ministério não tem vara de condão para resolver todos os problemas’, diz Queiroga sobre falta de vacina contra covid

Vereador Beto Bonelly convida empresários de Vitória da Conquista para conhecer potencial de Brumado

Brumado: Após vazar na imprensa, prefeitura faz distrato de contrato com empresa contratada para gerenciar UTI Covid

Secretaria de Saúde divulga calendário de vacinação para idosos a partir de 64 anos

Nova Lei do gás trás novas regras para o setor

Conselho Tutelar denuncia mãe por maus tratos em filha de 8 anos em Livramento de Nossa Senhora

Bahia: Motorista atropela vacinadora em posto de vacinação drive-thru; veja o vídeo

Brumado: Sem trabalho por conta da pandemia, cuidadora de idosos chegou alimentar filhos com farinha e água

Brumadense com guillan-barré está internada há mais de 30 dias em Vitória da Conquista à espera de medicamento

Bahia vacinou 12,5% da população contra Covid-19, diz consórcio de imprensa

Brumado: PM apreende homem e adolescente com drogas na Praça da Cebola

presidente da Câmara de Brumado é transferido para Vitória da Conquista

Bamin vence leilão da Fiol e retomará obra com aplicação de R$ 3,3 bilhões

Brumado confirma três mortes de Covid-19 em 24h

Novo lote com mais de 280 mil vacinas contra a Covid-19 chega à Bahia


Ciro sugere que Lula não concorra à Presidência em 2022

Foto: Reprodução l Agência Brasil

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) sugeriu que o ex-presidente Lula (PT) siga o exemplo da ex-presidente argentina Cristina Kirchner e não dispute as eleições de 2022 como candidato à Presidência da República, em prol de uma aliança contra Bolsonaro. A fala de Ciro foi feita durante debate sobre a proposta de reforma administrativa em discussão no Congresso. Ele pediu que o petista não imite o “exemplo desastrado” dos presidentes da Bolívia e da Venezuela, e, sim, o de Cristina, que deu “um passo para trás” ao aceitar ser vice de Alberto Fernández, atual presidente argentino. Para Ciro, os escândalos de corrupção que marcaram as gestões petistas podem minar a campanha de Lula. “Imaginem vocês uma campanha em 2022, o Bolsonaro querendo se recuperar da impopularidade, a lembrar da esculhambação do Palocci, a esculhambação do Zé Dirceu, a esculhambação não sei de quem. Eu não digo nem que seja verdade ou que seja mentira, eu estou dizendo é o que eu estou vendo pela minha experiência [...] É fazer de novo a campanha antipetista em cima dos exemplos”, disse. Na semana passada, Ciro Gomes assinou, junto a outros 6 possíveis candidatos à Presidência, um manifesto em defesa da democracia. O movimento foi visto como uma busca por viabilizar uma alternativa que seria de centro, para combater uma eventual polarização política entre Bolsonaro e Lula em 2022. O documento foi assinado por Ciro (PDT), João Amoêdo (Novo), João Doria (PSDB), Eduardo Leite (PSDB), Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Luciano Huck (sem partido).



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário