ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Mortes de profissionais da saúde por Covid-19 despencam após vacina, indicam estudos

Brumado: Homem tenta assaltar supermercado com 'garrucha' e é contido por populares

Brumado registra quatro óbitos de coronavírus em 24h

Jovem de 20 anos morre após acidente entre motocicleta e carro na BA-262, trecho entre Brumado e Aracatu

Brumado: Surto de Covid-19 atinge o legislativo brumadense, diz vice-presidente da Câmara

‘Ministério não tem vara de condão para resolver todos os problemas’, diz Queiroga sobre falta de vacina contra covid

Vereador Beto Bonelly convida empresários de Vitória da Conquista para conhecer potencial de Brumado

Brumado: Após vazar na imprensa, prefeitura faz distrato de contrato com empresa contratada para gerenciar UTI Covid

Secretaria de Saúde divulga calendário de vacinação para idosos a partir de 64 anos

Nova Lei do gás trás novas regras para o setor

Conselho Tutelar denuncia mãe por maus tratos em filha de 8 anos em Livramento de Nossa Senhora

Bahia: Motorista atropela vacinadora em posto de vacinação drive-thru; veja o vídeo

Brumado: Sem trabalho por conta da pandemia, cuidadora de idosos chegou alimentar filhos com farinha e água

Brumadense com guillan-barré está internada há mais de 30 dias em Vitória da Conquista à espera de medicamento

Bahia vacinou 12,5% da população contra Covid-19, diz consórcio de imprensa

Brumado: PM apreende homem e adolescente com drogas na Praça da Cebola

presidente da Câmara de Brumado é transferido para Vitória da Conquista

Bamin vence leilão da Fiol e retomará obra com aplicação de R$ 3,3 bilhões

Brumado confirma três mortes de Covid-19 em 24h

Novo lote com mais de 280 mil vacinas contra a Covid-19 chega à Bahia


Brumado é uma das cidades do Brasil com mais mortes em março deste ano que em toda a pandemia

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Brumado, na região do sudoeste, está na lista das 10 cidades mais populosas onde a pandemia de Covid-19 provocou mais mortes em março deste ano do que em todos os meses anteriores de 2020. Um levantamento feito pelo setor de dados do núcleo de análise de grande volume de informações do Metrópoles aponta que o município baiano está em sexto lugar em um ranking de 464 cidades brasileiras. O jornal analisou dados sobre óbitos coletados na plataforma colaborativa Brasil.io. Em Brumado, desde o início da pandemia, até fevereiro deste ano, sob a influência da segunda onda da doença, foram registradas 52 mortes. Em março de 2021, o número foi de 54.  Com 67.335 habitantes, de acordo com o IBGE, as novas mortes de março ajudaram Brumado a chegar a taxa de mortalidade de 179 óbitos por 100 mil habitantes, número superior a taxa média de mortalidade da Bahia, de 101 mortos por 100 mil habitantes, e a média nacional, de 149 mortes por 100 mil habitantes. De acordo com o boletim epidemiológico da prefeitura, no dia 24 de março, foram registradas, desde o início da pandemia, 106 mortes. O último boletim informativo desta segunda-feira (5) já contabilizava 131. Um aumento de 23.58% em 13 dias. No início de março, uma tragédia familiar chamou atenção: cinco pessoas de uma mesma família morreram em decorrência do vírus, em menos de um mês. Elas estavam internadas em Vitória da Conquista, cerca de 140 km de distância de Brumado, onde as vítimas moravam. Entre as 10 cidades mais populosas que registraram aumento de óbitos em março, quatro pertencem ao Rio Grande do Sul. São Paulo também aparece no ranking, em segundo e terceiro lugar, com as cidades de Assis e Avaré, respectivamente. Brumado, União da Vitória (PR), Palmas (PR) e Quirinópolis (GO) aparecem logo em seguida.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário