ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Empresas se unem e realizam a maior confraternização entre funcionários

WhatsApp libera função para mensagens que desaparecerem automaticamente

Pesquisa aponta Viagra como medicamento candidato a prevenir Alzheimer

Foragidos de SP, MG e DF são alvos de operação em 5 cidades da Chapada

Caculé: Polícia prende homem que ajudou na ocultação do corpo de advogado

Atletas de Caetité conquistam quatro medalhas no Campeonato Mundial de Jiu-jitsu em São Paulo

Corpo em estado avançado de decomposição é encontrado na zona rural de Malhada de Pedras

Corpo de advogado desaparecido é encontrado na zona rural de Caculé

Gabinete de Segurança Institucional autoriza avanço de projetos de exploração de ouro na Amazônia

Morre Mila Moreira, 72, uma das primeiras modelos a se tornar atriz no Brasil

Encanador acha milhões em parede de igreja no Texas

'Entre o Carnaval e a vida dos baianos, eu fico com a vida e saúde dos baianos' diz Rui Costa

Vereadora Verimar do Sindicato, em audiência com o secretário da SERIN, discute proposta para asfalto que liga Brumado ao Distrito de Terra Vermelha

Os melhores aromatizantes para ambientes você encontra na Império Utilidades

Brasil: 75% das famílias têm dívidas, aponta Mapa do endividamento

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia

Brumado: Vida saudável é na Bete Fruits, venha conferir

Ministério da Saúde oferece mais de 21 mil vagas para Médicos pelo Brasil

Conheça o kit 'Barriga Tanquinho' de Marcelo Esportes

Judiciário da Bahia inaugura varas em duas cidades baianas


Pequenos fabricantes de ovos de Páscoa tentam se adaptar à pandemia em Brumado

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A Páscoa costuma ser um período próspero para muitos comerciantes autônomos que atuam na área de doceria em Brumado. Ovos de chocolate caseiros, recheados e trufados. E que tal dar um toque único e personalizado antes de presentear alguém ou a si mesmo com um mimo adocicado? É a proposta da Edineide de Almeida Brito, que há 24 anos trabalha como doceira. Com uma mini fábrica em casa, ela traz como carro-chefe a confeitaria afetiva. "Aqui a gente coloca muito amor nos ingredientes", afirma. Segundo ela, a grande procura para este ano é o ovo trufado e o de colher. "Os tradicionais vendem, mas como o ovo de colher e o trufado não tem igual, é um sucesso", comenta. Essa é a segunda Páscoa de Edineide com a pandemia do coronavírus. Pela primeira vez, ela sente uma queda na procura. "Com o fechamento do comércio, creio que as pessoas estão mais receosa. No ano passado, mesmo com o início da pandemia, vendi bem, mas este ano as vendas estão em 70%". relata. Para atrair os consumidores, ela vai adotar a opção de entrega antecipada, além de promover algumas promoções. Para 2021, a meta de venda é de 150 ovos. No entanto, ela acredita que a demanda será menor. 

Diante da pandemia da Covid-19, o cuidado na higienização dos produtos é redobrado. Almeida conta que limpa o espaço de produção dos doces duas vezes ao dia, com água sanitária, e sempre tem em mãos o álcool 70%. "Todos os pacotes que entram aqui em casa eu lavo. E sempre estou com álcool por perto", afirma. A rotina de fabricação também mudou para adequar ao momento atual. "Preferi começar a fabricação em julho do ano passado pra os ovos tradicionais. Já os trufados temos que fabricar na semana mesmo da páscoa", explica. Uma outra aposta é a venda na pré-Páscoa. "Estamos vivendo em um momento muito incerto. Não sabemos até quando será permitido o delivery. E como será o cenário mais para frente", pontua. Adriana Pontes de Souza, 44, precisou se adaptar para garantir a renda deste ano. "Como as encomendas caíram e tive muitos pedidos cancelados, comecei a vender sobremesas e bolo no pote por aplicativo", relata. Esse também foi o caminho encontrado por algumas doceiras de Brumado. Conforme Pontes, ela tem encontrado um pouco de estabilidade na demanda pelos aplicativos de entrega. "Muitas estão ampliando o período de vendas para se adequar. Outras estão montando kits, tudo para atrair e dar mais comodidade ao consumidor", explica. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário