ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Câmara de Vereadores promulga lei que reserva vagas de estacionamento para gestantes, lactantes e pessoas com crianças de colo

Bom Jesus da Lapa reúne 600 mil fiéis em evento religioso

Brumado: Adolescente de 14 anos é encontrada na casa de uma amiga

Corpo de idosa chilena é encontrado em estado de decomposição no interior da Bahia

Brumado: Família pede ajuda para localizar adolescente de 14 anos

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Vacinação

Brumado: Polícia apreende homem após colocar fogo em residência no bairro Olhos D'água

Seleção de advogados de Brumado vence Serrinha e avança para semifinal da Copa CAAB

Empresa Gel Sol de Brumado recebe prêmio nacional da Intelbras

Brumado: Município investiga primeiro caso suspeito de varíola dos macacos

MP da Bahia lança novo número para atendimento ao cidadão

Inflação muda comportamento dos brasileiros, diz pesquisa

Caminhoneiros começam a receber benefício emergencial nesta terça

TSE divulga patrimônio de sete presidenciáveis; o maior valor ultrapassa 24 milhões

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Vem aí o 13º Agosto Gospel

Agosto Dourado - a importância do aleitamento materno

Lapa: Romaria do Bom Jesus recebe título de patrimônio imaterial


Renato Santos é expulso do partido PODEMOS por infidelidade; partido irá pedir mandato do vereador

Foto: Divulgação

Por unanimidade, o Conselho de Ética e Comissão do partido PODEMOS de Brumado decidiu pela expulsão do vereador Renato Santos Teixeira. Em ofício encaminhado ao presidente da Câmara de Vereadores, José Carlos Marques Pessoa (PSB) nesta segunda-feira (22), o presidente do partido, Aurino Rocha Silva Filho comunicou ao Legislativo sobre seu afastamento da legenda. O ato da Comissão de Ética foi referendado pelo Diretório Municipal, por cinco membros integrantes no última dia 16 de março, ato registrado em Ata de nº 02/2021. Assinaram no documento, Jarbas Barbosa Caíres, Secretário do partido, Aurino Rocha Silva, presidente, Doralice Cardoso Marques, vice presidente, Paulo Esdras Oliveira da Silva Júnior, tesoureiro e Cícero Vieira Júnior, vogal do PODEMOS. O partido afirma ainda que o mandato pertence ao PODEMOS e o político Renato Santos não possui votos suficientes para ter uma cadeira na Câmara sem contar com a votação da legenda. A expulsão por infidelidade partidária deveu-se pela divulgação de um vídeo ainda na campanha eleitoral de 2020 no qual o candidato Renato Santos divulgou apoio ao candidato Dr. Geraldo Azevedo (PP), sendo que o candidato a vice-prefeito Dr. Aurino estava em campanha pelo PODEMOS. O processo de expulsão seguiu para o Conselho de Ética do partido, que segundo a legenda, deu direito a ampla defesa ao acusado antes da expulsão. "Toda ação tem consequências e Renato agiu imaginando que a divulgação do vídeo publicado em suas redes sociais e nas redes de Dr. Geraldo só traria muitos votos e nada aconteceria posteriormente devido à impunidade", disse em nota o partido. Caso o mandato do vereador Renato Santos (agora sem partido) seja cassado, o primeiro suplente é Agno Meira, ex-vereador de Brumado.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário