ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Brumado: Trabalhadores da Endicon são demitidos e temem 'calote' de empresa

Brumado: Preso em flagrante tem ataque de fúria, agride policiais e quebra objetos de delegacia

PM apreende drogas e pássaros silvestres em Rio de Contas

Acesse a TV Templo dos Milagres no Youtube e seja abençoado

Brumado: Mega estrutura está sendo montada para o Verão VIP com ingressos limitados

O Tema Livre Podcast desta semana recebeu o 'MC Naip Bronka'

Brumado: Subnotificação dos casos de Covid esconde números reais da doença

Cinco morrem e mais de 70 são presas em operação da PM na Bahia

Homem mata pastora de 84 anos a pauladas na porta de igreja

Há 41 anos, mulher procura avós que possivelmente moram em Brumado ou Caetité

Operação Força Total intensifica policiamento na Bahia

Dr. Felipe Leão, médico da Clínica Mais Vida, alerta sobre a importância da realização do check-up

Operação da PF prende homem que divulgou vídeo de estupro de criança


STF libera que estados e municípios comprem vacinas

Foto: Reprodução

O Supremo Tribunal Federal formou maioria na terça-feira (23) para manter a liminar do ministro Ricardo Lewandowski que permite que estados e municípios comprem vacinas mesmo que os imunizantes ainda não tenham registro na Anvisa. No entendimento do STF, estados e municípios podem importar e distribuir vacinas caso a Anvisa não dê aval, em 72 horas, após solicitação dos laboratórios responsáveis pelos fármacos. A noticia foi comemorada pelo governador da Bahia, Rui Costa (PT). “O STF mostrou compromisso com a vida, formou maioria e autorizou que Estados e Municípios possam comprar vacinas contra a Covid-19.Já comecei a me movimentar para viabilizar a compra de vacinas para a Bahia. Estou trabalhando para poder, brevemente, dar boas notícias aos baianos”, afirmou o petista no Twitter. A Bahia tem acordo para compra de doses da vacina Sputnik V, que recentemente apresentou índice de eficácia superior a 90%. Com a liberação do STF, o Estado fica livre para compra e aplicação dos imunizantes nos baianos.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário