ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado registra 61 óbitos por conta da Covid-19; município ultrapassa 5 mil casos confirmados e 335 em tratamento

Brumado: Uma pessoa é flagrada desrespeitando toque de recolher

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Restrição de atividades: Saiba o que poderá funcionar na Bahia de sexta a segunda

Bahia: Rui Costa prevê que Brasil vai ‘mergulhar no caos em duas semanas’ por causa de Covid-19

Auxílio deve voltar em março com parcelas de R$ 250, diz Governo

Dono do hit ‘Gordinho Gostoso’, Neto LX é detido com carro roubado

Vacinação contra o coronavírus é retomada nesta sexta-feira (26)

Prosel 2021: Abertas inscrições para o Processo Seletivo do Ifba/Brumado

Brumado: É Fake o vídeo que circula nas redes sociais na qual torcedores do Flamengo estariam nas ruas em comemoração ao título

Governador proíbe cirurgias eletivas em hospitais públicos e privados da BA por 7 dias

Flamengo é campeão brasileiro mesmo após perder para o São Paulo no Morumbi

Brumado: Incêndio destrói casa na Rua Nazaré no bairro Dr. Juracy; não havia ninguém na residência

Brumado: Mãe de empresário é atropelada por motocicleta na Avenida Centenário

Brumado: Jovem de 24 anos é morto a tiros na Av. Antônio Mourão Guimarães

Brumado: Município registra 59 mortes por conta da Covid-19; 30 estão hospitalizados


Brumado: Com taxa de ocupação de leitos da UTI Covid em alta, retorno das aulas presenciais pode não ocorrer em março

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Com todos os protocolos de biossegurança prontos, segundo a administração municipal, o município de Brumado pretende retomar as aulas presenciais no dia 8 de março. No entanto, o secretário municipal de educação, João Nolasco, disse que o retorno das aulas presenciais depende da ocupação das vagas de UTI na macrorregião. “O que está pegando desde que o nosso protocolo de segurança foi submetido ao Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes), é que a gente precisa ter a macrorregião com 70% da ocupação de leitos de UTI Covid-19”, afirmou. Porém, esse índice de ocupação estava em 89%. Outro ponto questionado pelo secretário é que, a retomada das aulas está sendo impedida, mas enquanto isso, a população realiza festas, frequenta clubes, bares e praças. "Quer dizer, só as aulas não podem voltar, os alunos não podem porque é alto risco, agora a gente ver ai aglomerações em clubes, em bares, em praças, e isso para gente é preocupante porque se a gente não controlar essa aglomeração, a gente vai sempre ter um número alto. Ou seja, não pode voltar as aulas com todos os protocolos, mas infelizmente a rua está descontrolada. E ai, quando vamos conseguir controlar esta macrorregião?" indagou Nolasco. Segundo o secretário, com o descontrole por parte da população, medidas mais duras serão tomadas. "Uma hora a gente vai ter que tomar providências e, até restringir a abertura desses estabelecimentos para controlar às aglomerações e ai sim, controlar a macrorregião no que se refere à ocupação de leitos", afirmou.

 



Comentários

  • Laura

    "Acho certissimo..uma irresponsabilidade..Pessoas que não se preocupam com as outras..Indignadavda falta de respeito..tem que tomar providência sim..fechar tudo. Prender quem tiver fazendo festas..ai sim.."

Deixe seu comentário