ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Empresas se unem e realizam a maior confraternização entre funcionários

WhatsApp libera função para mensagens que desaparecerem automaticamente

Pesquisa aponta Viagra como medicamento candidato a prevenir Alzheimer

Foragidos de SP, MG e DF são alvos de operação em 5 cidades da Chapada

Caculé: Polícia prende homem que ajudou na ocultação do corpo de advogado

Atletas de Caetité conquistam quatro medalhas no Campeonato Mundial de Jiu-jitsu em São Paulo

Corpo em estado avançado de decomposição é encontrado na zona rural de Malhada de Pedras

Corpo de advogado desaparecido é encontrado na zona rural de Caculé

Gabinete de Segurança Institucional autoriza avanço de projetos de exploração de ouro na Amazônia

Morre Mila Moreira, 72, uma das primeiras modelos a se tornar atriz no Brasil

Encanador acha milhões em parede de igreja no Texas

'Entre o Carnaval e a vida dos baianos, eu fico com a vida e saúde dos baianos' diz Rui Costa

Vereadora Verimar do Sindicato, em audiência com o secretário da SERIN, discute proposta para asfalto que liga Brumado ao Distrito de Terra Vermelha

Os melhores aromatizantes para ambientes você encontra na Império Utilidades

Brasil: 75% das famílias têm dívidas, aponta Mapa do endividamento

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia

Brumado: Vida saudável é na Bete Fruits, venha conferir

Ministério da Saúde oferece mais de 21 mil vagas para Médicos pelo Brasil

Conheça o kit 'Barriga Tanquinho' de Marcelo Esportes

Judiciário da Bahia inaugura varas em duas cidades baianas


Diarista é espancada até a morte após tentar salvar patroa de agressões do marido

Foto: Divulgação

Uma diarista foi morta espancada após tentar salvar a patroa que era agredida pelo marido, em Aparecida de Goiânia, região metropolitana de Goiás. O crime aconteceu no início do mês de janeiro, mas só agora foi divulgado. O suspeito, que não teve o nome revelado, foi preso na última quarta-feira (27). Denise Alves Fernandes, de 54 anos, fazia faxina quando testemunhou o suspeito agredindo a companheira e tentou fazer com que ele parasse com a violência. “Ele então iniciou diversas agressões, entre socos e chutes, contra a diarista. Ela foi atingida na região da face e teve múltiplas lesões”, disse o delegado Carlos Levergger, responsável pelo caso. O suspeito estava escondido em uma empresa de reciclagem da cidade. Denise foi encaminhada ao Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia, mas morreu no dia 14 de janeiro, em decorrência de traumatismo cranioencefálico. O suspeito foi indiciado por homicídio qualificado. Ele pode pegar até 30 anos de prisão. As informações são do site UOL.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário