ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Serviço de primeiro emplacamento só poderá ser realizado após a confirmação de dados

Brumado: Adolescente de 13 anos diagnosticada com tumor no cérebro aguarda por uma vaga em uma UTI avançada

Novo carregamento da vacina pediátrica da Pfizer chega ao Brasil

Mulher doa rim para namorado e homem acaba relacionamento após traí-la

Guanambi: Duas pessoas são conduzidas à delegacia por furto de energia

Os melhores aromatizantes para ambientes você encontra na Império Utilidades

Euclides da Cunha: Mulher é achada morta dentro de imóvel com sinais de enforcamento

A Pax Nacional tem credibilidade e compromisso comprovado, não aceite imitações

Brasil registra 84 mil casos de Covid e cerca de 1 milhão em uma semana

Conheça o kit 'Barriga Tanquinho' de Marcelo Esportes

Guanambi: Prefeitura habilita 10 leitos clínicos para tratamento da Covid-19 e mais 10 leitos de suporte à UPA

RotSat: Conheça o nosso site com 'Menu' de acesso rápido

Bahia atinge 18.314 casos ativos de Covid-19 e registra 18 mortes pela doença

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Comprovante de vacinação passa a ser exigido em delegacias da Bahia

Piloto morre após queda de avião em Luís Eduardo Magalhães

Vitória da Conquista: Terreiros de religiões de matriz africana ganham imunidade tributária

Brumado registrou 178 casos ativos de Covid-19 na sexta-feira


Preço da gasolina sobe quase 60 centavos e chega a R$ 5,09 em Brumado

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O menor preço do litro da gasolina está 59 centavos mais caro em Brumado. O 97NEWS saiu às ruas da cidade, nesta sexta-feira (22) e verificou que o valor cobrado pelo combustível passou de R$ 4,60, no dia 20 de janeiro, feriado de São Sebastião, para R$ 5,09 nesta sexta. Em entrevista ao site, o borracheiro Romário Rodrigo disse que foi surpreendido na manhã de hoje ao abastecer o seu veículo em um posto do centro de Brumado. "Do jeito que vai Brumado, não sei onde vamos parar. No feriado eu abasteci de R$ 4,60, hoje tomei um susto ao ver o preço de R$ 5,09", disse. Já o aposentado Adão de Souza Ribeiro ressaltou que é preciso que haja uma intervenção dos poderes públicos. "Não só a gasolina tá subindo tanto, os subprodutos também. O gás de cozinha por exemplo, tivemos um aumento ai na última semana de 6% ao mês. Mas a gasolina é o vilão do brasileiro", afirma o apesentado no qual ainda destacou que como os preços praticamente são parecidos em todos os estabelecimentos da cidade, pode esta havendo o famoso "cartel". 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

"Isso caracteriza o cartel, aqui em Brumado não adianta mudar de posto, tá tudo igual", disse. Outro que também se manifestou contra os preços foi o carreteiro Edimar Silva Rocha. Segundo ele, na região sudoeste, uma das cidades com os preços mais elevados são os de Brumado. "Nas cidades vizinhas eu vejo gasolina de R$ 4,65, R$ 4,75. Mas aqui, o preço é alto, não sei porque", questionou o profissional. Ele ainda destacou o preço do diesel, que também está elevado. "Pra nós caminhoneiros está difícil, estamos pagando pra trabalhar", disse. Conforme o motorista, à uma manifestação por parte da categoria, no qual pretende parar novamente o pais com uma greve nacional. "A gente esta prevendo fazer esta greve ai dia 1º de fevereiro, estamos mobilizando", destacou Rocha.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário