ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Homem morre em confronto com policiais na Chapada Diamantina

TRE da Bahia volta exigir obrigatoriedade de uso de máscaras em suas dependências

Postos SAC na capital e interior fecham na sexta-feira (24) e sábado (25)

Bahia: Carreta pega fogo populares saqueiam carga na BR-116

Com 40 casos hospitalares em 22 dias, Sesab alerta para risco de queimaduras nos festejos juninos

Atendimento do INSS ficará suspenso durante o feriado de São João na Bahia

Receita alerta para golpes envolvendo a regularização de CPF

Tanhaçu: Motociclista fica ferido após atropelar animal na BA-142

Covid-19: Casos ativos chegam a 5,2 mil na Bahia e estado registra nove mortes em 24h

Câmara Municipal de Vereadores de Brumado recebe representante do Tiro de Guerra

Psicólogo da Clínica Mais Vida fala sobre a Logoterapia e a superação dos traumas emocionais


Preço da gasolina sobe quase 60 centavos e chega a R$ 5,09 em Brumado

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O menor preço do litro da gasolina está 59 centavos mais caro em Brumado. O 97NEWS saiu às ruas da cidade, nesta sexta-feira (22) e verificou que o valor cobrado pelo combustível passou de R$ 4,60, no dia 20 de janeiro, feriado de São Sebastião, para R$ 5,09 nesta sexta. Em entrevista ao site, o borracheiro Romário Rodrigo disse que foi surpreendido na manhã de hoje ao abastecer o seu veículo em um posto do centro de Brumado. "Do jeito que vai Brumado, não sei onde vamos parar. No feriado eu abasteci de R$ 4,60, hoje tomei um susto ao ver o preço de R$ 5,09", disse. Já o aposentado Adão de Souza Ribeiro ressaltou que é preciso que haja uma intervenção dos poderes públicos. "Não só a gasolina tá subindo tanto, os subprodutos também. O gás de cozinha por exemplo, tivemos um aumento ai na última semana de 6% ao mês. Mas a gasolina é o vilão do brasileiro", afirma o apesentado no qual ainda destacou que como os preços praticamente são parecidos em todos os estabelecimentos da cidade, pode esta havendo o famoso "cartel". 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

"Isso caracteriza o cartel, aqui em Brumado não adianta mudar de posto, tá tudo igual", disse. Outro que também se manifestou contra os preços foi o carreteiro Edimar Silva Rocha. Segundo ele, na região sudoeste, uma das cidades com os preços mais elevados são os de Brumado. "Nas cidades vizinhas eu vejo gasolina de R$ 4,65, R$ 4,75. Mas aqui, o preço é alto, não sei porque", questionou o profissional. Ele ainda destacou o preço do diesel, que também está elevado. "Pra nós caminhoneiros está difícil, estamos pagando pra trabalhar", disse. Conforme o motorista, à uma manifestação por parte da categoria, no qual pretende parar novamente o pais com uma greve nacional. "A gente esta prevendo fazer esta greve ai dia 1º de fevereiro, estamos mobilizando", destacou Rocha.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário