ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Empresas se unem e realizam a maior confraternização entre funcionários

WhatsApp libera função para mensagens que desaparecerem automaticamente

Pesquisa aponta Viagra como medicamento candidato a prevenir Alzheimer

Foragidos de SP, MG e DF são alvos de operação em 5 cidades da Chapada

Caculé: Polícia prende homem que ajudou na ocultação do corpo de advogado

Atletas de Caetité conquistam quatro medalhas no Campeonato Mundial de Jiu-jitsu em São Paulo

Corpo em estado avançado de decomposição é encontrado na zona rural de Malhada de Pedras

Corpo de advogado desaparecido é encontrado na zona rural de Caculé

Gabinete de Segurança Institucional autoriza avanço de projetos de exploração de ouro na Amazônia

Morre Mila Moreira, 72, uma das primeiras modelos a se tornar atriz no Brasil

Encanador acha milhões em parede de igreja no Texas

'Entre o Carnaval e a vida dos baianos, eu fico com a vida e saúde dos baianos' diz Rui Costa

Vereadora Verimar do Sindicato, em audiência com o secretário da SERIN, discute proposta para asfalto que liga Brumado ao Distrito de Terra Vermelha

Os melhores aromatizantes para ambientes você encontra na Império Utilidades

Brasil: 75% das famílias têm dívidas, aponta Mapa do endividamento

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia

Brumado: Vida saudável é na Bete Fruits, venha conferir

Ministério da Saúde oferece mais de 21 mil vagas para Médicos pelo Brasil

Conheça o kit 'Barriga Tanquinho' de Marcelo Esportes

Judiciário da Bahia inaugura varas em duas cidades baianas


Arthur e Davi foram os nomes de bebês mais registrados na Bahia nos últimos 10 anos

Foto: Reprodução

Dados compilados de 2010 a 2020 nas 704 unidades de Registro Civil, formou o ranking das preferências no estado da Bahia.  Arthur, com 17.932 registros, e Davi, com 13.597, foram os nomes mais escolhidos para registro de nascimento na última década (2010 - 2020). Já Maria Eduarda foi o nome feminino mais escolhido pelos pais nos últimos 10 anos. O ranking geral mostra a preferência por nomes simples, uma vez que os compostos aparecem apenas em duas ocasiões, no quarto lugar, Maria Eduarda, com 11.267, e no 10º, com Enzo Gabriel, 9.032. Na lista de nomes masculinos, liderada por Arthur e Miguel, também tem Davi (2.593), Guilherme (2.175) e Gabriel (2.167). Já nas opções de nomes femininos, além de Maria Eduarda, em primeiro lugar, estão Sophia (2.022), Alice (1.718), Laura (1.674) e Julia (1.645). Nesta classificação, outros três nomes compostos integram o top 10: Maria Clara (1.777), Maria Luiza (1.342) e Maria Julia (1.194).

O levantamento de 2010 a 2020, realizado por meio da Central Nacional de Informações do Registro Civil - plataforma eletrônica com os números de Cartórios de todo o País, administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen/Brasil). No ranking do Brasil, Miguel, com 321.644, e Arthur, com 287.886, foram os nomes mais escolhidos da década. A popularidade do período recaiu sobre os nomes simples, com apenas dois compostos entre os 10 mais: na quinta colocação, Maria Eduarda (214.250), o nome feminino mais registrado, e na oitava, Pedro Henrique (154.232), que ocupa o sexto lugar da lista masculina. Outros nomes que aparecem no top 10 geral são Davi (248.066), Gabriel (223.899), Alice (193.788), Heitor (154.237), Laura (153.557) e Sophia (147.579). O ranking dos 10 mais entre os nomes masculinos, além de Arthur e Miguel, tem Heitor (323), Theo (291) e Davi (220), fechando os cinco mais escolhidos e, novamente, não houve registro de nome composto. Já entre os nomes femininos, a liderança neste ano é de Laura, com 267 registros, seguido de outros seis nomes simples e apenas três compostos: Maria Eduarda (188), Maria Julia (152) e Maria Clara (152).



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário