ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Empresas se unem e realizam a maior confraternização entre funcionários

WhatsApp libera função para mensagens que desaparecerem automaticamente

Pesquisa aponta Viagra como medicamento candidato a prevenir Alzheimer

Foragidos de SP, MG e DF são alvos de operação em 5 cidades da Chapada

Caculé: Polícia prende homem que ajudou na ocultação do corpo de advogado

Atletas de Caetité conquistam quatro medalhas no Campeonato Mundial de Jiu-jitsu em São Paulo

Corpo em estado avançado de decomposição é encontrado na zona rural de Malhada de Pedras

Corpo de advogado desaparecido é encontrado na zona rural de Caculé

Gabinete de Segurança Institucional autoriza avanço de projetos de exploração de ouro na Amazônia

Morre Mila Moreira, 72, uma das primeiras modelos a se tornar atriz no Brasil

Encanador acha milhões em parede de igreja no Texas

'Entre o Carnaval e a vida dos baianos, eu fico com a vida e saúde dos baianos' diz Rui Costa

Vereadora Verimar do Sindicato, em audiência com o secretário da SERIN, discute proposta para asfalto que liga Brumado ao Distrito de Terra Vermelha

Os melhores aromatizantes para ambientes você encontra na Império Utilidades

Brasil: 75% das famílias têm dívidas, aponta Mapa do endividamento

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia

Brumado: Vida saudável é na Bete Fruits, venha conferir

Ministério da Saúde oferece mais de 21 mil vagas para Médicos pelo Brasil

Conheça o kit 'Barriga Tanquinho' de Marcelo Esportes

Judiciário da Bahia inaugura varas em duas cidades baianas


Natural de Maracás, adolescente de 17 anos é mantida em cárcere privado pelo primo no RJ

Foto: Divulgação l PM/Rio de Janeiro

Uma adolescente, que não teve nome revelado, de 17, que vivia em cárcere privado, foi resgatada pela Polícia Militar no bairro do Itanhangá, no Rio de Janeiro. Caso ocorreu no último final de semana. De acordo com a polícia, a jovem, que é natural da cidade de Maracás, a cerca de 170 km de Brumado, viajou para a cidade carioca em busca de emprego. Ao chegar no RJ, a menor foi feita refém pelo primo e por outro homem, ambos de 21 anos, sendo obrigada a se prostituir, sendo exigida pelos criminosos uma quantia de R$ 2,5 mil para que a adolescente fosse libertada. Os homens foram presos e encaminhados para uma delegacia da região, onde foram autuados por, ofensa, injúria e sequestro. A vítima ficará sob os cuidados do Conselho Tutelar da Barra.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário