ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: SMTT realiza ações na 'Semana Nacional de Trânsito 2021'

Números de Covid na Bahia não são divulgados por falha no sistema do governo federal

Município de Guanambi é condenado a indenizar donos de carro atingidos por queda de árvore

Foi preso em SP o suspeito de cometer latrocínio em Paramirim

Brumado: Parentes, amigos e colegas dão último adeus a Daniel Simurro

Osmar Botelho é o novo presidente da Auditoria Pública Cidadã Baiana

Mais de 600 mil doses de vacinas serão distribuídas na Bahia nesta terça

Brumado: Venha conhecer a loja Império Utilidades

Jornalista Daniel Simurro morre aos 58 anos em Brumado

Brumado: Há 19 dias município não registra morte por Covid-19

Guanambi: Rui entrega reforma de estrada e autoriza R$ 35 milhões em ações

Brumado: Blogueiro Daniel Simurro é internado após mal súbito em sua residência

Brumado: Sindicato dos Mineradores denuncia assédio moral em empresa de refino de talco

Brumado retoma vacinação de adolescentes com 16 e 17 anos nesta terça-feira (21)

Novas chamas atingem Chapada Diamantina entre Mucugê e Lençóis

Caetité lidera produção mineral baiana em agosto

Em carta, governadores desmentem Bolsonaro sobre alta da gasolina

Brumado: Manifestantes protestam contra Bolsonaro e prefeito Eduardo Vasconcelos em praça pública

Brumado: Após 1 ano e cinco meses, grupos de capoeira retornam com encontros em praças

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia


Os próximos 10 anos serão piores que 2020, estima cientista russo

Foto: Ilustrativa

Quem acredita que 2020 foi e será o pior ano dos últimos tempos, engana-se, segundo o cientista russo Peter Turchin. Em entrevista à revista americana The Atlantic, Turchin previu que o pior ainda está por vir. “Temos praticamente garantidos mais cinco ou dez anos infernais”, disse o cientista, que usa modelos matemáticos para prever tendencias sociais. Vale lembrar que este foi o mesmo cientista que afirmou, em 2010, uma “era da discórdia” e um período de pertubação social que seria impulsionado em 2020. Biólogo por formação, Turchin passou a analisar dados históricos e arqueológicos dos últimos 10 mil anos e encontrou padrões de comportamentos e acontecimentos que se repetem com frequencia. O cientista não previu o que ocorreria, mas se baseou em três critérios para garantir que os próximos anos serão piores: elite em expansão desenfreada, disputa no topo da pirâmide social, e classe trabalhadora com qualidade de vida cada vez pior.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário