ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Governo do Estado anuncia licitação para gestão de presídio de Brumado

Brumado: Promotoria de Justiça acompanha atividades da Secretaria de Educação

25 de novembro: Dia Internacional da não violência contra a mulher

Novo vírus letal surgido na Bolívia pode ser confundido com a dengue

Governo libera R$ 409 milhões para projetos de tecnologias da internet

Major Leila é nomeada comandante da 2ª CIPRv de Brumado

Casal é preso por estuprar as filhas em Itaberaba

Brumado: 237 pacientes estão em tratamento do novo coronavírus

Quadro de especialistas da Clínica Mais Vida é ampliado passando a oferecer mais um cardiologista e ecografista

Partido pede expulsão de vereador eleito por infidelidade partidária

Apresentador Fernando Vannucci morre aos 69 anos

Abrace essa Causa: ‘Projeto O Bom Samaritano’ ajudando quem mais precisa em Brumado

Polícia Civil deflagra operação contra homens e um adolescente que estupraram uma criança de 10 anos em Carinhanha

Nota Fiscal Eletrônica já está presente em 417 municípios da Bahia; já são 70 mil emissores

Auxílio Emergencial: 'Não haverá prorrogação', afirma ministro da economia

Pai de Zezé di Camargo e Luciano morre aos 84 anos

Foguete chinês é visto no céu da Bahia e chama atenção de moradores

Saiba os cuidados em possíveis fraudes no dia da 'Black Friday'

Conquista: PRF apreende pistolas, fuzis e carregadores na BR-116

Brumado confirma a 38ª morte em decorrência da Covid-19


New York Times publica obituário de Jotinha: 'WhatsApp King'

Foto: Divulgação

Um dos jornais mais importantes do mundo, o americano The New York Times produziu um obituário do humorista baiano "Jotinha", que faleceu no início do mês, por conta do novo coronavírus. As informações são do site Bahia Notícias. Como forma de relembrar a trajetória do artista, o veículo apresentou o início da carreira do “Little J". "Quando alguém em 2016 enviou uma mensagem para um grupo de WhatsApp brasileiro zombando da baixa estatura e voz alta de José Luiz da Silva, o Sr. da Silva viu e deu a outra face - com um resultado surpreendente", diz a matéria. O jornal conta que as respostas de Jotinha no Whatssapp atingiram algumas pessoas que começaram a compartilhá-la com outros grupos. "Ao final do dia, ele recebeu 3.600 mensagens no aplicativo", pontua. "Políticos, jogadores de futebol e animadores populares que trabalharam com Jotinha lamentaram sua morte", conta o obituário. A matéria  faz parte de uma série do jornal sobre pessoas que morreram na pandemia do coronavírus.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário