ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Tecnicos do Ibametro visitam Brumado para instalação de radares e taxímetros

Homem é preso suspeito de matar enteado de 11 meses com soco na cabeça

Bahia: Preço da carne apresenta leve queda após 16 meses de alta

Pfizer pedirá autorização de uso de vacina em crianças no Brasil em novembro

Desemprego no país cai a 13,2% no trimestre até agosto, aponta IBGE

Brumado: Prefeito Eduardo Vasconcelos é convidado para Conferência da ONU

Casos ativos da Covid-19 voltam a cair após 4 dias na Bahia; estado registra 9 óbitos em 24h

Embasa é acionada por descarte irregular de resíduos em Morro do Chapéu

Brumado: Terminal Rodoviário passa por manutenção e conservação

Conquista: Comerciante é preso vendendo celulares com restrição de roubo

Bahia receberá primeira Copa Indígena de Futebol

Empresa brumadense está entre as classificadas para o Prêmio BBM de Logística 2021

Caminhoneiros acusam ministro de se empenhar para desarticular greve

Itapetinga: Homem é preso suspeito de se passar por funcionário de bancos e aplicar golpes de mais de R$ 50 mil

Brumado: Moradores da rua Bocaiuva reclamam que coleta não está sendo realizada e lixo se acumula pela rua

Novo decreto que vai liberar 50% da capacidade dos estádios na Bahia

Brumado: Moradores da Rua Princesa Leopoldina rompem manilha de esgoto após alagamento de casas

Brumado: Moradores reclamam de criação de porcos perto de residências no bairro São Felix

Brumado: Câmara recua e não vota proposta para volta das máscaras de proteção

Conquista: Acidente entre carro de passeio e carreta deixa quatro mortos


Brumado: Moradores cobram redutores de velocidade em avenida do bairro Olhos D'água

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Condutores pouco respeitam a sinalização da Avenida Horácio José dos Santos, no bairro Olhos D'água, em Brumado, local onde aconteceu um grave acidente com uma criança, no último domingo(15), quando em um movimento político, um motociclista atropelou o pai e um garotinho de 4 anos. Os moradores da região, por sua vez, cobram medidas contra o excesso de velocidade, e pedem a intalação de redutores na via. "O pessoal não respeita a velocidade, nós temos muitas crianças que moram aqui. Essa avenida liga o bairro à outro, então o movimento aqui é intenso", comentou Rosilma Trindade, sobre o movimento no local, que também não tem placas de sinalização indicando o limite de velocidade, ela ressaltou que o excesso de velocidade na avenida dificulta que crianças possam atravessá-la. "O pessoal abusa muito e não respeita [a sinalização], principalmente moto". Outra moradora, que não quis se identificar, disse que no fim de semana a situação fica ainda pior. Mesmo apontando problemas, como a falta do equipamento e sinalização, quem mora na região aponta soluções que vão das passagens de pedestres elevadas a instalação de lombadas. "Assim, as pessoas vem reduzindo antes", disse Gabriel Lima, morador do local.

 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário