ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

'Brumadinho de açúcar': Buracos em ruas causam prejuízos e acidentes de trânsito

Brumado: Mais uma terceirizada da Coelba é acusada de atrasar salários de colaboradores

Variante Ômicron representa risco global muito alto, alerta OMS

Prefeito de Brumado anuncia antecipação da 2ª parcela do 13º salário

Campanha 'Natal solidário - Convida 20 Sem Fome' arrecada alimentos para famílias carentes

Brumado: Aluga-se galpão de 466 m² no bairro Malhada Branca

Chuvas deixam 50 pessoas desabrigadas e causam transtornos em Anagé

Carro é danificado e motorista por pouco não é linchado em Brumado

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia

Brumado: Sem pneus, carro é incendiado no bairro Dr. Juracy

Os melhores aromatizantes para ambientes você encontra na Império Utilidades

Após tentar por 27 vezes, vendedor ambulante passa em concurso da Polícia Militar da Bahia

Após fortes chuvas, lama invade casas em Itacaré

RotSat: Conheça o nosso site com 'Menu' de acesso rápido

Brumado: Modelo de escolas em Tempo Integral chamam a atenção de municípios da Região

Homem é condenado a mais de 20 anos por feminicídio de servidora do Detran-BA

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Palmeiras vence Flamengo na prorrogação e conquista 3º título da Libertadores

Caso Ariane: Acusado de feminicídio em 2019 é absolvido pelo júri e tem pena de 1 ano e meio

Brumado: Calçamento cede e caminhão fica com a roda presa no buraco no bairro Baraúnas


Brumado: Ministério Público recomenda a proibição do uso de fogos de artifício nas Eleições 2020

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A 1ª Promotoria de Justiça de Brumado por meio de uma "Recomendação Ministerial", recomenda aos partidos políticos, coligações e candidatos que se abstenham da utilização abusiva de fogos de artifícios ou similares durante a campanha eleitoral de 2020. A 90ª Zona Eleitoral, expediu Procedimento Eleitoral (nº 677.9.194085/2020), requerendo a não utilização de fogos de artifícios e similares nas propagandas eleitorais, "considerando que a poluição pode ser entendida como qualquer atividade que possa tornar o ambiente prejudicial ao ser humano e outras formas de vida", além disso, "que a poluição sonora consiste em produção de ruídos que causem desconforto às atividades normais de raciocínio de uma pessoa, geralmente quando um som ultrapassa o limite auditivo normal, com danos à saúde dos seres humanos, como o estresse e a insônia", resolve recomendar aos agentes das Polícias Militar e Civil dos municípios de Aracatu, Brumado e Malhada de Pedras: "Apreender os que forem encontrados nas casas comerciais em desacordo com as disposições do Decreto Estadual n° 6.465/97 ou que estiverem sendo transportados irregularmente, sem devida autorização policial; Destruir os fogos aprendidos irregularmente, conforme art. 29 do Decreto Estadual 6.465/97", e que: "Em caso de flagrante de qualquer pessoa que, ao soltar fogos de artifícios, provoque poluição sonora, conduzi-la à Delegacia de Polícia para autuação no art. 42 da Lei das Contravenções Penais ou art. 54 da Lei dos Crimes Ambientais". Apesar de populares, os fogos de artifício produzem diversos perigos, como as possibilidades de incêndio e efeitos colaterais ligados à rede elétrica e arborização. O promotor de Justiça Millen de Castro Medeiros ressalta ainda que sejam notificados os Partidos e Coligações nos Municípios da 90ª Zona Eleitoral para conhecimento dos procedimentos "supracitados".



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário