ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Palmeiras vence Flamengo na prorrogação e conquista 3º título da Libertadores

Brumado: Calçamento cede e caminhão fica com a roda presa no buraco no bairro Baraúnas

Caetité: Município volta registrar morte por Covid-19; uma mulher de 78 anos

Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

Brumado: SESOC discuti criação o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher

'Brasil e o mundo não aguentam um novo lockdown', diz Presidente

27 de Novembro - Dia Nacional de Combate ao Câncer alerta para a prevenção da doença

Caculé: Família procura por advogado de 47 anos que está desaparecido

Suspeito de estuprar mulher após simular sessão espiritual é preso na Bahia

PMs são acusados de extorquir R$ 200 mil de família de ciganos

Criado em 1979, Tiro de Guerra de Brumado completa 42 anos

Brumado: Mais bancários, menos filas; Sindicato denuncia demissões nas agências bancárias do Sudoeste

Sem considerar pandemia, expectativa de vida do brasileiro sobe para 76,8 anos

Episódio #004 Tema Livre Podcast está imperdível com o radialista Kaká.

Sindicato dos bancários garante mais uma reintegração no Bradesco

Brumado: Blitz educativa da SMTT orienta condutores sobre o uso do cinto de segurança e 'jugular' no capacete

Colaboradores da Maxxnet doam sangue no Hemoba de Brumado

Brumado: Inadimplentes podem procurar agência dos Correios para o 'Feirão Limpa Nome'

Pai é preso por dever R$ 14 mil de pensão alimentícia na Bahia

Especialistas sugerem fiscalização extra nas urnas eletrônicas para combater fake news


Rio de Contas: Incêndio destrói 118 hectares de vegetação; brigadistas debelam o fogo

Foto: Divulgação

Um incêndio atingiu parte de uma área de vegetação do município de Rio de Contas. A área fica perto de um dos pontos turísticos da região: o Pico do Itobira. Segundo Dilsileia Anjos, gestora da Área de Proteção Ambiental (APA) que foi tomada pelas chamas, o fogo destruiu cerca de 118 hectares, o equivalente a 1,18 milhão de metros quadrados ou 240 campos de futebol. As informações são do portal G1. O incêndio foi notado na quarta-feira (26). Brigadistas voluntários, com apoio da gestão da APA e da Secretaria do Meio Ambiente, combateram o fogo que só foi debelado no final da manhã de quinta-feira. Não há detalhes do que tenha provocado as chamas. Na quarta, a ação de combate às chamas ocorreu em uma linha de cerca de 2 km de fogo próximo ao Caiambola, povoado do município. As ações possibilitaram a preservação de áreas importantes do ponto de vista hídrico e ecológico. O combate evitou que os incêndios tomassem proporções maiores e consequências ao meio ambiente. Além disso, a área incendiada fica perto de um dos pontos turísticos da região: o Pico do Itobira. Dilsineia revelou ainda que nos dias 21 e 22 de agosto, ocorreu outro incêndio na área de proteção, mas que não se alastrou e nem foi necessária a atuação dos brigadistas. "Esse outro incêndio foi na área da Serra do Itobira, mas não no pico. A gente não precisou subir, porque houve uma neblina por lá e o fogo se extinguiu", conta a gestora da APA, que explica que 50% da Área de Proteção Ambiental fica em Rio de Contas, e o restante em outros cinco municípios da região: Rio do Pires, Piatã, Abaíra, Jussiape e Érico Cardoso. Segundo Dilsineia, os brigadistas seguem atentos aos possíveis incêndios florestais já que o período é de diminuição das chuvas.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário