ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Bahia: APLB é denunciada por coagir professores para que recebam precatórios; entenda

Aracaju: Famílias disputam linguiça vencida descartada em terreno

Anvisa aprova uso de autotestes para Covid-19 no Brasil

Psicóloga especializada em Terapia Cognitiva Comportamental passa a fazer parte do quadro de especialistas da Clínica Mais Vida

Bahia vacina mais de 90% dos bovinos e bubalinos contra a febre aftosa

Caso do tripléx do Guarujá envolvendo Lula é arquivado pela Justiça

Brumado: CIPRv divulga relatório de acidentes do mês de janeiro de 2022 nas rodovias da região

Bahia: Governo suspende feriado prolongado no período do carnaval

Brumado registra 292 casos ativos e 3 pacientes internados por conta da Covid-19

Brumado: Sala do empreendedor auxilia na declaração anual do MEI

Brasil: 32 milhões de doses da vacina Janssen ainda não foram distribuídas às cidades

Pastores são presos por estupro de vulnerável e cárcere privado na Bahia

Ipespe mostra Lula no topo das intenções de voto, com 44%; Ciro e Moro empatam

Laboratórios privados deixam de notificar casos de Covid-19 na Bahia, diz Sesab

Brumado: Durante fiscalização na garagem da Novo Horizonte, PM apreende acessórios e cosméticos falsificados dentro de ônibus

Brumado: Polícia cumpre mandado de prisão contra traficante de drogas

Brumado: Prefeito destaca 1º vestibular de medicina que será realizado de forma online

Alunos da rede municipal de ensino de Brumado conquistam medalha de prata na OBMEP 2021

Homem é encontrado morto em Livramento de Nossa Senhora

Fundo Eleitoral de 2022 é 7 vezes maior do que valor destinado à Anvisa em 2021


Dr. Anderson Abreu faz um alerta sobre o Câncer de Boca!

Foto: Divulgação

O Câncer de Boca, tecnicamente chamado de Câncer de Cavidade Oral, é o câncer que afeta lábios e o interior desta cavidade (compreendendo gengiva, assoalho, língua, palato duro) até a transição palato duro / palato mole e o V lingual. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), corresponde ao 5º câncer mais comum em homens (5,2%, com 11.200 novos casos neste ano) e a 1,7% dos cânceres em mulheres.

Os principais sinais que devem ser observados como alerta são:

- Lesões na cavidade oral ou nos lábios que não cicatrizam por mais de 15 dias;

- Manchas/placas vermelhas ou esbranquiçadas em língua, gengivas, palato (céu da boca), mucosa jugal (bochecha);

- Nódulos no pescoço (as famosas “ínguas”;

- Dificuldades para deglutir.

Os principais fatores de risco são:

- Tabagismo:

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que cerca de 90% dos pacientes diagnosticados com câncer de boca são ou foram tabagistas;

- Etilismo: O consumo regular de bebidas alcoólicas potencializa o efeito do cigarro;

- Radiação solar: A exposição ao sol sem proteção aumenta o risco para lesões de lábio, principalmente o lábio inferior;

- Próteses dentárias mal adaptadas: Feridas crônicas decorrentes da má adaptação podem induzir câncer oral.

O diagnóstico precoce eleva muito as chances de cura para este câncer, onde comumente o tratamento é CIRÚRGICO! Caso apresente alguma lesão suspeita na boca, procure seu médico otorrinolaringologista Dr. Anderson Abreu. A prevenção é a melhor forma de cuidar da sua saúde! Para maiores informações, ligue: (77) 3441-4545 / (77) 9.9951-4755 (77) 3441-4500 / (77) 9.9989-6868.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário