ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Popó vence luta contra Bambam por nocaute em apenas 36 segundos

Pássaros silvestres e jabutis são resgatados dentro de ônibus em Vitória da Conquista

Atividade física previne declínio mental

Brumado: PM prende quatro pessoas e recupera 19 celulares furtados no circuito do Carnaval

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Após polêmica, Lula volta a chamar guerra em Gaza de genocídio e critica interpretação dada à sua fala

Metade da população não tem acesso a rede de esgoto na Bahia

Cerca de três mil pessoas ficam isoladas após rompimento de barragem na Bahia

Idoso sofre infarto e morre após bater carro contra árvore na BR-030, próximo a Brumado

Mais um veículo é recuperado pela RotSat

Três pessoas são presas por facilitar a fuga dos dois fugitivos do presídio federal de Mossoró

Com 88% da matriz elétrica limpa, Brasil já é líder da transição energética no mundo

Fibromialgia - especialista esclarece o que você precisa saber para diagnóstico precoce

Guilherme Bonfim celebra alta expectativa de público para o Carnaval de Brumado

Serasa atinge 1 milhão de acessos em ofertas do programa Desenrola Brasil

Homem é condenado a 18 anos de prisão por morte de empresária em Barra do Choça

Vítimas do acidente com ônibus na região de Itapetinga foram identificadas

Professor é preso no interior baiano acusado de importunação sexual contra alunas em Amargosa

Padrasto é preso suspeito de estuprar e engravidar enteada em Porto Seguro

Jovem é presa suspeita de queimar o rosto da própria mãe com água quente na Bahia


Rui Costa pede a Bolsonaro respeito a 'esforço de governadores e prefeitos', e que governe 'sem picuinha'

Foto: Reprodução

O governador Rui Costa pediu na noite de quarta-feira (29) para que o presidente Jair Bolsonaro respeitasse às famílias das vítimas da Covid-19 e começasse a governar o Brasil com seriedade e sem "fazer picuinha". A declaração foi feita através das redes sociais, horas após o presidente afirmar que a cobrança sobre as mortes provocadas pelo novo coronavírus no Brasil deve ser feita a governadores e prefeitos que adotaram medidas de isolamento para tentar conter o contágio pela Covid-19. “Quero comentar uma fala do presidente da república vestido com camisa de time futebol, hoje, quarta-feira, dia de trabalho, se referindo a uma entrevista que eu dei chamando de palhaçada. Queria dizer ao presidente que não vou mudar meus padrões éticos e de comportamento para responder ao presidente. Não vou usar as mesmas palavras para me dirigir a vossa excelência. O que vou lhe pedir é que comece a governador o Brasil com seriedade, que tenha respeito pelas famílias das vítimas. Outras famílias vão chorar nos próximos dias", disse o governador da Bahia. "Passe a governar sem fazer picuinha política ou agressão. Respeite o esforço de governadores e prefeitos para salvar vidas humanas. É isso que o Brasil espera do seu presidente da república. É isso que o Brasil assiste admirando outros presidentes unindo seu país. Ao invés de tratar as coisas de forma debochada, tenha respeito pela vida humana, tenha respeito pelos prefeitos e governadores. Vamos governar e tentar salvar a vida das pessoas, o emprego, a renda. Não é com atitudes desse tipo que o senhor vai conduzir o país. Não é em meu nome, mas em nome do povo brasileiro que acreditou no senhor. Por favor, respeite as pessoas, a vida humana”, concluiu Rui Costa. As informações são do site G1.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário