ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: SMTT realiza ações na 'Semana Nacional de Trânsito 2021'

Números de Covid na Bahia não são divulgados por falha no sistema do governo federal

Município de Guanambi é condenado a indenizar donos de carro atingidos por queda de árvore

Foi preso em SP o suspeito de cometer latrocínio em Paramirim

Brumado: Parentes, amigos e colegas dão último adeus a Daniel Simurro

Osmar Botelho é o novo presidente da Auditoria Pública Cidadã Baiana

Mais de 600 mil doses de vacinas serão distribuídas na Bahia nesta terça

Brumado: Venha conhecer a loja Império Utilidades

Jornalista Daniel Simurro morre aos 58 anos em Brumado

Brumado: Há 19 dias município não registra morte por Covid-19

Guanambi: Rui entrega reforma de estrada e autoriza R$ 35 milhões em ações

Brumado: Blogueiro Daniel Simurro é internado após mal súbito em sua residência

Brumado: Sindicato dos Mineradores denuncia assédio moral em empresa de refino de talco

Brumado retoma vacinação de adolescentes com 16 e 17 anos nesta terça-feira (21)

Novas chamas atingem Chapada Diamantina entre Mucugê e Lençóis

Caetité lidera produção mineral baiana em agosto

Em carta, governadores desmentem Bolsonaro sobre alta da gasolina

Brumado: Manifestantes protestam contra Bolsonaro e prefeito Eduardo Vasconcelos em praça pública

Brumado: Após 1 ano e cinco meses, grupos de capoeira retornam com encontros em praças

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia


Brumado: Hotel têm alvará de funcionamento cassado após descumprir decreto da prefeitura

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Um hotel que funcionava em Brumado, foi interditado e teve o alvará de funcionamento cassado, na última segunda-feira (30), após descumprir decreto da prefeitura que suspende o funcionamento desse tipo de estabelecimento, como medida ao novo coronavírus. O caso ocorreu no bairro Novo Brumado. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), essa foi a segunda vez que o estabelecimento foi notificado pelos agentes de fiscalização, quando identificaram que o hotel funcionava normalmente. Desde o dia 21 de março deste ano, todos os estabelecimentos não essenciais, incluindo hotéis, lojas, igrejas e centros religiosos, estão fechados por meio do decreto (Nº 5.246) que endossa as medidas de combate a pandemia da Covid-19. A previsão é que o decreto encerre no dia 18 de abril. 

Foto: ilustrativa

Por isso, como medida a descumprimento, o estabelecimento que descumprir as recomendações perdem a autorização municipal de funcionamento. "O objetivo dos fiscais é orientar, e a maioria está obedecendo o decreto, mas, infelizmente tivemos um alvará cassado pelo fato do dono ser notificado pela segunda vez. Mas não é esse o nosso objetivo, não é essa a intenção da prefeitura. Queremos manter um diálogo e manter uma relação da melhor forma possível com os comerciantes", comenta Claudio Feres que ainda completou que sabe das dificuldades financeiras das empresas neste momento. "Sabemos da dificuldade, mas nós também precisamos preservar vidas", ressalta Feres. Até a manhã desta terça-feira (31), Brumado já havia ultrapassado 219 casos suspeitos de coronavírus. Até o momento, 5 casos foram descartados, 8 aguardam resultado e houve um caso confirmado. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas de segunda-feira (30). 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário