ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: SMTT realiza ações na 'Semana Nacional de Trânsito 2021'

Números de Covid na Bahia não são divulgados por falha no sistema do governo federal

Município de Guanambi é condenado a indenizar donos de carro atingidos por queda de árvore

Foi preso em SP o suspeito de cometer latrocínio em Paramirim

Brumado: Parentes, amigos e colegas dão último adeus a Daniel Simurro

Osmar Botelho é o novo presidente da Auditoria Pública Cidadã Baiana

Mais de 600 mil doses de vacinas serão distribuídas na Bahia nesta terça

Brumado: Venha conhecer a loja Império Utilidades

Jornalista Daniel Simurro morre aos 58 anos em Brumado

Brumado: Há 19 dias município não registra morte por Covid-19

Guanambi: Rui entrega reforma de estrada e autoriza R$ 35 milhões em ações

Brumado: Blogueiro Daniel Simurro é internado após mal súbito em sua residência

Brumado: Sindicato dos Mineradores denuncia assédio moral em empresa de refino de talco

Brumado retoma vacinação de adolescentes com 16 e 17 anos nesta terça-feira (21)

Novas chamas atingem Chapada Diamantina entre Mucugê e Lençóis

Caetité lidera produção mineral baiana em agosto

Em carta, governadores desmentem Bolsonaro sobre alta da gasolina

Brumado: Manifestantes protestam contra Bolsonaro e prefeito Eduardo Vasconcelos em praça pública

Brumado: Após 1 ano e cinco meses, grupos de capoeira retornam com encontros em praças

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia


Brumado: Após declarações de secretária e cobrança da população, Câmara repassa R$ 100 mil para compra de cestas básicas

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Após o episódio em que a Secretária de Educação, Edineia Ataide, usando as redes sociais, comunicou a redução de 50% nos salários dos secretários e do próprio gestor municipal, Eduardo Vasconcelos (PSB), na qual ela fez críticas aos vereadores, por não adotarem a mesma medida. Na postagem, feita no dia 25 deste mês, Edneia provocou o poder legislativo a se manifestar acerca do caso. “Aos nobres vereadores, que tanto cobram atitudes da nossa parte, chegou a hora de seguir o nosso exemplo”, publicou. Ela também questionou o que os parlamentares da capital do minério irão fazer para a população. “Mas surge a pergunta: E os vereadores? O que farão pela população brumadense?”. finalizou a publicação. No dia seguinte, o presidente da Câmara, o vereador Leonardo Vasconcelos rebateu as declarações da secretária e classificou como “irresponsável”. “A quem interessa esse discurso? Num momento crítico em que estamos passando por conta da pandemia do coronavírus, a secretária de educação vem com uma declaração irresponsável, de provocação, de politicagem baixa entre o poder legislativo e executivo”, disse o presidente da casa. 

Foto: Divulgação

Seis dias depois, as declarações da secretária surtiu efeito, isso porque nesta segunda-feira (30), a Câmara resolveu repassar um cheque no valor de R$ 100 mil ao poder executivo para o combate ao novo coronavírus (Covid-19). O valor será usado para a compra de cestas básicas, especialmente para os que se encontram em situação de vulnerabilidade social. O cheque foi entregue ao secretário municipal de administração e finanças, João Nolasco. Calculando o valor atual de uma cesta básica na Bahia, que é de R$ 65,00, com o montante, é possível comprar cerca de 1.500 cestas básicas. A medida vai amenizar as necessidades daqueles que neste momento não tem o que comer, devido o fechamento do comércio local. E muitas dessas famílias, dependem do comércio informal para ter um valor mensal na renda familiar.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário