ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Família é feita refém e torturada durante assalto na zona rural de Brumado

Morre aos 94 anos, a mãe do presidente Jair Bolsonaro

Suspeito de tráfico de drogas é preso em Guanambi

Na Bahia, 283 servidores que não comprovaram vacinação serão afastados por 90 dias

Criança que teve parada cardíaca horas após se vacinar tem doença rara, diz investigação

Brumado: Ambulância atropela e mata cavalo na BA-262

36 agências bancárias da Bahia fecham temporariamente após surto de Covid-19

Ataque hacker ultrapassa 24 horas e sites do governo ainda estão fora do ar

Dr. Igor Malaquias foi o entrevistado do Tema Livre Podcast desta semana

Bahia: Governador anuncia redução de 3 mil para 1,5 mil pessoas em eventos

Brumado: Presidente da Câmara testa positivo para Covid pela 3ª vez

Policiais civis aprovam estado de greve na Bahia

Site da Secretaria de Segurança Pública da Bahia é hackeado

Prefeitura de Brumado vai iniciar reformas em casas atingidas pelas chuvas

Brasil registra 6 vezes mais casos diários de covid-19 que em dezembro

Brumado registra 36 novos casos de coronavírus em 24h

Homem é preso suspeito de tráfico de drogas em Rio do Pires

Turismo nacional fechou novembro com faturamento de R$ 14,7 bilhões

Casal com criança de colo é flagrado com 14 kg de maconha e cocaína na Bahia

Matrícula na rede estadual de ensino começa na próxima segunda


Acumulo de cargos na educação acabou

Por solicitação da presidente da APPI, Enilda Mendonça, e da diretora regional da APLB-Sindicato, Ruth Menezes, através da APLB-Central, os secretários de Administração, Rodrigo Pimentel Lima, e de Educação, Osvaldo Barreto Filho, suspenderam as portarias 036 e 037, publicadas no Diário Oficial do dia 24 de julho de 2014, que tratam da acumulação de cargos por parte dos servidores públicos estaduais.

 

No documento os secretários estaduais reconhecem a necessidade de uma reanálise dos dados obtidos nos relatórios técnicos de inspeção decorrentes do cruzamento das folhas de pessoal de forma a garantir uma maior confiabilidade, segurança e consistência aos mesmos.

 

Eles também citam os princípios da eficiência e da eficácia que norteiam os atos administrativos, daí a necessidade de uma análise mais apurada antes de convocar os servidores para a apresentação das comprovações dos vínculos empregatícios. Logo após a publicação das portarias, a APPI/APLB-Sindicato realizou uma reunião com os trabalhadores em educação da rede estadual para esclarecer sobre as determinações das secretarias de Administração e Educação e orientar sobre os procedimentos que deveriam ser adotados caso o documento não fosse revogado. A revogação das portarias foi publicada no Diário Oficial do Estado da Bahia nesta sexta-feira (01) através de uma nova portaria de número 040/2014, assinada pelos secretários de Administração e Educação.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário