ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Líder religioso e ex-vereador crítica atual cenário político no Poder Legislativo de Brumado

Governo do Estado antecipa salário de servidores para 28 de outubro

Com tiro acidental, ator Alec Baldwin mata diretora em set de filmagem

Imagens que mostram funcionários se assustando com raio 'viralizou' em Brumado

Brumado: Mulher encontra irmão morto com um tiro na cabeça na Vila Presidente Vargas

Brumado: 18ª Ciretran e SMTT realizam mudanças em local de 'balizas' para CFCs

Consumidores de Barreiras, Guanambi e Vitória da Conquista estão entre os premiados do Nota Premiada

Brumado: Donos de bares relatam que lixo espalhado em praça é provocado por animais abandonados

Motorista de ônibus ocupa metade da rua e atrapalha o transito no centro de Brumado

Brumado: Moradores reclamam de lixo deixado em praça do Santa Tereza após fechamento de bares

Sextou! Faça seu pedido de frutas e verduras fresquinhas em Bete Fruits

Variante Delta passa a predominar na Bahia e Sesab demonstra preocupação

Caetité: Durante operação, acusados por homicídio são localizados

Policiais Militares da 46ª CIPM ficam feridos após acidente na BA-262

Dois caminhões se envolvem em acidente e rodovia fica bloqueada em Igaporã

MP-BA é contrário a pedido de liminar da APLB contra aulas presenciais no Estado

Transmissão da Covid-19 está em queda no Brasil, indica Fiocruz

Delegacia Virtual adiciona crime de maus-tratos contra animais

Presidente da Câmara de Brumado recepciona vereadores de Rio do Antônio

Poções: Dois homens são denunciados por agredir cachorro até a morte


Medida provisória que criaria 13º permanente no Bolsa Família perde validade

Foto: Luciano Santos l 97News

A validade da medida provisória (MP) que tornava permanente o 13º salário para os beneficiários do Bolsa Família acaba nesta quarta-feira (25). O texto ainda estava na pauta do Plenário da Câmara dos Deputados, esperando para ser votado e teria que passar também pelo Senado Federal. Medidas provisórias têm validade de 120 dias. A MP 898/19 previa o pagamento do abono natalino apenas em 2019, mas o projeto de lei de conversão (PLV), de autoria do relator, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), propôs o pagamento em todos os anos, assim como para os que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O texto foi aprovado em comissão mista no início de março, segundo a Câmara. Para compensar o aumento de despesa, o relator mudou a forma de tributação, pelo Imposto de Renda, dos chamados fundos de investimento fechados (FIFs), antecipando o recolhimento.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário