ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Homem morre em confronto com policiais na Chapada Diamantina

TRE da Bahia volta exigir obrigatoriedade de uso de máscaras em suas dependências

Postos SAC na capital e interior fecham na sexta-feira (24) e sábado (25)

Bahia: Carreta pega fogo populares saqueiam carga na BR-116

Com 40 casos hospitalares em 22 dias, Sesab alerta para risco de queimaduras nos festejos juninos

Atendimento do INSS ficará suspenso durante o feriado de São João na Bahia


Animal com 'cisticercose' é batido em Frigorífico de Guanambi

Foto: Reprodução l Radar Guanambi

Um frigorífico de Guanambi, abateu na última semana um suíno com uma doença denominada cisticercose, causada pelos ovos do verme "Platelminto Taenia Solium". Três dias após a ingestão dos ovos, eles se transformam em larvas que caem na corrente sanguínea podendo se alojar em várias partes do corpo, como músculos, cérebro, pulmões, olhos e coração. O complexo teníase-cisticercose está ligado à maneira como os animais são mantidos. O diretor do frigorífico da cidade, Vitor Moraes, informou que a cisticercose suína, a teníase e a neurocisticercose humana causadas pela taenia solium são problemas graves de saúde pública. Segundo ele, o cuidado e a orientação na hora de comprar a carne vermelha devem ser indispensáveis. Vitor disse ainda que o Frigorífico dispõe de médicos veterinários e que, antes do abate, todos os animais passam pela avaliação do profissional, conforme determina a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB). “O nosso frigorífico opera legalmente, obedecendo todas as normas estabelecidas pelo Ministério da Saúde, Secretaria de Saúde do estado da Bahia e vigilância sanitária de Guanambi”, destacou ao site Radar Guanambi.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário