ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Boa notícia: Cai o número de casos ativos da Covid-19 em Brumado

Em primeiro debate, pré-candidatos a prefeito apresentam propostas para Brumado

Polícia prende traficante que recebia drogas via Correios em Conquista

46ª CIPM de Livramento de Nossa Senhora inauguração novos alojamentos

PF cumpre mandados na Bahia em operação contra tráfico internacional de drogas

LAB: Você conhece o teste de paternidade?

Bahia registra 4.670 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Brumado registra 6º óbito por Covid-19, trata-se de um idoso de 77 anos

Brumadense morre em acidente de moto na zona rural de Caculé

BA-148: Caminhão pipa tomba entre Dom Basílio e Livramento de Nossa Senhora

Auxílio Emergencial: TCE e CGU identificam indícios de pagamentos irregulares para 7.152 servidores do Estado da Bahia

Brumado: Com transporte alternativo suspenso, motoristas de vans buscam soluções alternativas para sobreviver

Servidores públicos não podem ser nomeados nem exonerados a partir do dia 15 de agosto

Detran da Bahia registra quase 700 mil solicitações de CRLV digital

Brumado: Move Mulher vai à Câmara agradecer ampliação da Licença Maternidade

Bahia tem mais de quatro mil mortos por coronavírus e quase 200 mil infectados

Pandemia: Pré-candidato a prefeito de Ituaçu participa de evento com aglomeração

Brumado: Jovem de 25 anos procura por pai que não conhece desde a infância

Brumado: Motorista perde controle de carro de luxo e veículo vai parar em escadaria de parque infantil

Brumado: 47 pacientes seguem em tratamento com o novo coronavírus


Paralisação: Professores estaduais vão às ruas de Brumado em protesto contra cortes de Rui Costa

Foto: Manu Nunes l 97NEWS

Às vésperas do carnaval, o governador Rui Costa (PT) enfrenta nesta semana uma onda de protestos promovido pelos educadores estaduais contra sua gestão. A categoria reivindica melhorias no setor, como o reajuste linear de 12,84%, tabela, piso salarial, reforma do Ensino Médio e Bolsa Auxílio. Na tarde de terça-feira (18) os profissionais realizaram um protesto, na Praça Armindo Azevedo, em Brumado, e com faixas e cartazes chamaram a atenção do Estado. Com frases: "Governador, o plano de carreira do magistério precisa ser respeitado! Reajuste linear para toda a categoria." Outro cartaz dizia: "O Governo quer derrubar a educação porque ela derruba o governo". Em entrevista ao 97NEWS, o vice-diretor da APLB/Caatinga, André Azevedo, relatou que o evento foi o primeiro da agenda de paralisação e, que se estenderá por toda a Bahia durante a semana. Segundo ele, no início seriam discutidos trinta e um pontos na pauta, mas em comum acordo, foram reduzidos para oito as reivindicações ao governo do Estado. Ele classificou no qual o que mais irritou a categoria foi o não repasse dos 12,84% do piso do magistério pelo governador Rui Costa aos profissionais. "É necessário que fique claro que não é um aumento que nós estamos pedindo, é apenas um repasse. O governo federal fez a parte dele e, nos surpreendeu com esses 12,84. E o governo Rui Costa simplesmente não repassou esse valor", declara Azevedo. 

Foto: Manu Nunes l 97NEWS

Desde o ano passado, Rui Costa vem diminuindo repasses e até realizando cortes, como foi o caso da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 159 de 2020, que prevê, entre outros itens, a mudança na previdência dos funcionários públicos do estado. A PEC foi aprovada no dia 31 de janeiro em meio a protestos na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). De acordo com André Azevedo, a categoria defende um aumento linear, e não da forma que o governo da Bahia vem oferecendo. "Os professores que iniciaram a carreira agora, ele deu reajuste de 3, 6 e até 11%, o que ficaria abaixo do piso. E nós da categoria queremos que esse aumento seja linear, ou seja, contemple todos da categoria. E não repassando esse aumento, ele atinge diretamente o nosso plano de cargos de salários, que foi uma conquista desde 2002", disse o vice-diretor da APLB/Caatinga. Os servidores estaduais da educação seguem a paralisação até a sexta-feira (21), onde a categoria decidirá se haverá ou não o indicativo de greve. Em Brumado, a rede estadual de ensino é atendida pelo Colégio Estadual de Brumado (CEB), Getúlio Vargas e CEEP.

 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário