ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: SMTT realiza ações na 'Semana Nacional de Trânsito 2021'

Números de Covid na Bahia não são divulgados por falha no sistema do governo federal

Município de Guanambi é condenado a indenizar donos de carro atingidos por queda de árvore

Foi preso em SP o suspeito de cometer latrocínio em Paramirim

Brumado: Parentes, amigos e colegas dão último adeus a Daniel Simurro

Osmar Botelho é o novo presidente da Auditoria Pública Cidadã Baiana

Mais de 600 mil doses de vacinas serão distribuídas na Bahia nesta terça

Brumado: Venha conhecer a loja Império Utilidades

Jornalista Daniel Simurro morre aos 58 anos em Brumado

Brumado: Há 19 dias município não registra morte por Covid-19

Guanambi: Rui entrega reforma de estrada e autoriza R$ 35 milhões em ações

Brumado: Blogueiro Daniel Simurro é internado após mal súbito em sua residência

Brumado: Sindicato dos Mineradores denuncia assédio moral em empresa de refino de talco

Brumado retoma vacinação de adolescentes com 16 e 17 anos nesta terça-feira (21)

Novas chamas atingem Chapada Diamantina entre Mucugê e Lençóis

Caetité lidera produção mineral baiana em agosto

Em carta, governadores desmentem Bolsonaro sobre alta da gasolina

Brumado: Manifestantes protestam contra Bolsonaro e prefeito Eduardo Vasconcelos em praça pública

Brumado: Após 1 ano e cinco meses, grupos de capoeira retornam com encontros em praças

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia


ADAB e Promotoria Pública vão agir contra abate clandestino em Brumado e Região

Foto: 97NEWS

Após uma ação da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), com apoio da Polícia Militar e Vigilância Sanitária na última quarta-feira (29) no município de Livramento de Nossa Senhora, na qual apreendeu mais de 800 quilos de carne irregular em açougues do Mercado Municipal e, em supermercados da cidade, o órgão promete juntamente com a Promotoria Pública do Estado agir com mais rigidez nos municípios que cometem crimes contra a saúde pública. Em entrevista ao site 97NEWS, o veterinário e fiscal da ADAB, Clemente Gomes declarou que já procurou o Ministério Público em busca de uma parceria e combater o abate clandestino da região. "Estamos envolvendo atualmente a Promotoria Pública e a Polícia Militar, porque carne clandestina em hipótese nenhuma deve ser comercializada da maneira que vemos ai, ela tem que ser inspecionada e passar por um frigorífico. Nós iremos fiscalizar uma por uma", afirma Gomes. Segundo ele, a ação conjunta entre Ministério Público, Prefeituras e a autarquia será programada para inibir o grande volume de abate clandestino em Brumado e Região. “Não é admissível que continuemos comercializando carnes em bancas de açougue ou penduradas em ganchos expostas ao ar livre. Carne boa tem que ser postada em câmaras frias, tem que ter refrigeração. Por exemplo em Livramento, a carne tinha coloração azul, bichos e expostas a poeira em um corredor”, ressaltou Clemente. 

Foto: 97NEWS

Ainda segundo o fiscal da ADAB, as fiscalizações vão ser cada vez mais rigorosas. "Não vai escapar ninguém, onde tivermos parcerias com a Vigilância Sanitária, Polícia Militar e Ministério Público, nós vamos fiscalizar todo mundo, vamos montar barreiras nas estradas e não é justo o que está acontecendo", afirma o veterinário. Conforme Clemente, a ADAB também vai montar uma operação em Brumado na qual prevê a apreensão de carnes bovinas e suínas irregulares que estão sendo comercializadas em açougues e supermercados da cidade. "Nós estamos trabalhando bem focado em Brumado, tanto que a Vigilância de Saúde Municipal tem feito um bom trabalho aqui. Hoje não vemos nenhum açougue com carne exposta ao ar livre, mas infelizmente ainda é possível ver comerciantes transportando carne em carrocerias de veículos e nós não vamos permitir isso", reiterou o fiscal da ADAB.

 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário