ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Índia autoriza exportação de vacina para o Brasil, diz agência Reuters

Municípios atendidos pela Central de Atendimento Covid em Brumado registram aumento nos casos de coronavírus

Cinco morrem em incêndio em prédio do Instituto Serum, fabricante de vacinas contra Covid-19 na Índia

Em suposto áudio gravado no aplicativo de mensagens, presidente da Câmara de Brumado informa primeiro pagamento dos edis e ironiza; 'galera é pra fazer farra viu'

Mutuípe: Médico de 95 anos escolhido para ser primeiro vacinado contra Covid-19 morre horas antes de ser imunizado

Mais de 19 mil baianos já tomaram a primeira dose da vacina contra Covid-19

Vitória da Conquista: Juiz autoriza paciente a plantar maconha para tratar fibromialgia

Bahia: MP aciona prefeito de Candiba por improbidade; prefeito 'furou' fila da vacinação

Brumado: Casal morre e três ficam feridos em grave acidente na rotatória da BA-262 e BR-030

Bahia registra recorde na média móvel de casos de Covid-19

Brumado confirma a 47ª morte por conta do novo coronavírus

Caoa pode substituir Ford na fábrica de Camaçari, afirma coluna

Vacina negociada pelo Governo da Bahia é rejeitada pela Anvisa

Município de Brumado serviu como base de distribuição da Coronavac para microrregião

Brumado: Em nota, vereador denuncia que recebeu gabinete sem móveis e computadores

Mais rápida, grave e letal entre jovens: médicos relatam

Primeiras doses da vacina contra a Covid-19 chega em Brumado; imunização começou na manhã desta terça-feira (19)

Clínica Mais Vida traz para Brumado e região a médica Dra. Pâmela Araújo, que atua na área de Alergologia e Imunologia

Primeiras doses da vacina contra a Covid-19 chegam em Salvador


Base militar dos EUA no Iraque é alvo de bombardeio iraniano

Foto: Reprodução l Twitter

Mísseis iranianos foram disparados na terça-feira (7) contra bases norte-americanas no Iraque, segundo informações da TV Globo. Um dos alvos atingidos está a base de Al-Asad, no oeste do Iraque. O local é utilizado de forma conjunta entre iraquianos e americanos. Ainda não há informações sobre possíveis vítimas. Segundo o G1, o Irã lançou "dezenas" de mísseis contra a base. A ação teria sido denominada “Mártir Soleimani”, em referência à morte do general Qasem Suleimani, em Bagdá. Ele foi morto após uma ação autorizada pelo presidente norte-americano Donald Trump, na última semana. O militar era comandante da Força Quds, braço de elite da Guarda Revolucionária do Irã responsável por conduzir operações militares secretas no exterior. Ele era considerado o número dois na hierarquia do Irã, atrás apenas do líder supremo do país, o aiatolá Ali Khamenei. Após a ação que culminou com o falecimento do general, lideranças iranianas prometeram uma “severa vingança” contra os Estados Unidos. De acordo com a Folha de S. Paulo, a porta-voz da Casa Branca, Stephanie Grisham, informou que o presidente Donald Trump está a par do ocorrido e monitorando a situação junto a especialistas de segurança do governo.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário