ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Bahia: Roças com 120 mil pés de maconha são descobertas em Curaçá

Empresa brumadense vai investir R$ 8 milhões na cidade e gerar novos empregos

Embasa descobre novas ligações clandestinas no distrito de Lagoa Funda, em Brumado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Sesab afirma que está preparada para vacinar 5,08 milhões de pessoas na Bahia

Passa valer a partir desta sexta-feira (15), o aumento no número de vagas e novos preços na Área Azul

Queima de pneus usados contamina residencial Brisas com fumaça tóxica

Exames Laboratoriais na Clínica Mais Vida - excelência de qualidade com maior comodidade

Brumado registra a 46ª morte por conta do Coronavírus

Brumado: Mãe procura delegacia e devolve produtos furtados pelo filho em loja da Av. Antônio Mourão Guimarães

Prefeitura de Vitória da Conquista vai receber instalação de Parque Tecnológico

Brumado: Jovem que furtou loja na Av. Antônio Mourão Guimarães 'já vinha pesquisando a rotina dos funcionários', afirma empresária

New Kenko Purificadores: Beba água de qualidade e garanta a saúde para sua família

Clínica Mais Vida traz para Brumado o que há de mais moderno em Ultrassonografia de qualidade e alta definição

1ª Promotoria de Justiça de Brumado recomenda restrição nas atividades dos optometristas

Brumado: Diretor do INEB afirma que colaboradores não estão com férias e décimo terceiro atrasados

Produtora abre inscrições gratuitas para projeto sociocultural voltada para crianças e adolescentes

Brumado se aproxima dos 4 mil pacientes recupersdos da Covid-19

MPF abre procedimento para acompanhar impactos causados pela saída da Ford do Brasil

Cidades que decidirem adiar o Enem 2020, prova será aplicada em 23 e 24 de fevereiro


Câmara endurece penas para quem comete maus-tratos a animais domésticos

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Na terça-feira (17), o plenário da Câmara aprovou o projeto de lei que aumenta a pena para autores de maus-tratos a cães e gatos domésticos. A matéria segue para o Senado. O texto aprovado prevê reclusão de dois a cinco anos, multa e proibição de guarda de animal, mas apenas para maus-tratos a cães e gatos. A punição pode chegar a seis anos em caso de morte do animal. Para os animais silvestres, exóticos ou nativos, a pena continua a mesma. Hoje, a Lei de Crimes Ambientais determina detenção de três meses a um ano e multa para casos de violência contra animais. Parlamentares endureceram a previsão de pena ao adotar o regime de reclusão, que prevê o início do cumprimento da pena em regime fechado, quando o réu é reincidente. Já no regime de detenção, a pena pode ser cumprida em regime semiaberto ou aberto e também há possibilidade de conversão da pena em doação de cestas básicas. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário