ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Caminhão baú de Brumado tomba entre o Distrito de Cascavel e Mucugê

Brumado: Mulher encontra quase R$ 2 mil próximo a banco e procura por dono da quantia

Infectologista da Clínica Mais Vida, em entrevista a TV Sudoeste, fala sobre o Dia Internacional da Luta contra a AIDS

Empresário Emanoel Araújo participa do lançamento da pré-candidatura de ACM Neto

Tema Livre Podcast desta semana recebeu o produtor de eventos e artista plástico 'Kezinha'

Municípios relatam atraso em entrega de vacina BCG; cidades sofrem com desabastecimento

Criança morre depois que parede de casa desaba em Itapetinga

Governo da Bahia publica mudanças em mais de 50 comandos da Polícia Militar

Infectologista da Clínica Mais Vida fala sobre o Dia Mundial de Luta contra a AIDS e a importância do diagnóstico precoce

Dom Basílio: Morre o blogueiro Aderson Caires, vítima de doença neurodegenerativa

Política: Jair Bolsonaro assina filiação ao PL

Homem em estado grave aguarda transferência do Hospital Municipal de Brumado para uma unidade de saúde em Vitória da Conquista

PM algema homem a moto em movimento em São Paulo e vídeo viraliza

Menina de 12 anos morre após cair de telhado em Ilhéus

Homem é preso suspeito de tentar subornar policiais na Chapada Diamantina

Dois casos da variante ômicron são confirmados no Brasil

Governo Federal pede que 625 mil devolvam o auxílio emergencial

Seabra: Grupo é preso acusado de usar e repassar R$ 1,3 mil em notas falsas

Paramirim: Mulher, criança e bebê de 1 ano morrem em grave acidente na BA-156

Guanambi: Caminhão carregado com carvão pega fogo


Brumado: Defensoria Pública Estadual promove evento para celebrar 10 anos da 'Ouvidoria Cidadã'

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A Defensoria Pública Estadual (DPE) celebrou na manhã de terça-feira (17), os 10 anos da Ouvidoria Cidadã. O evento aconteceu no Fórum Juíza Leonor da Silva Abreu, em Brumado. Na audiência pública ouve a abertura oficial com vídeo institucional, divulgação do novo site da Ouvidoria, apresentação da revista referente aos 10 anos, além de uma mesa de abertura composta pela ouvidora-geral Sirlene Assis, dos defensores públicos Maiara Sales e Everton Freitas e representantes da sociedade civil. No evento foi debatido assuntos como: Intolerância Religiosa; Violência Policial e Feminicídio. A Ouvidoria Cidadã, por meio desse projeto, tem a finalidade de celebrar as atividades desenvolvidas que foram firmadas na luta para construção de uma sociedade mais justa e igualitária. A celebração é uma oportunidade para estreitar cada vez mais os laços com as autoridades e órgãos públicos, construindo parcerias e projetos que serão desenvolvidos, visando garantir o acesso da população à Justiça. 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Segundo a ouvidora Sirlene Assis, a Ouvidoria Cidadã da Defensoria Pública da Bahia é a segunda ouvidoria externa das Defensorias Públicas do país. Iniciou seus trabalhos em março de 2009 e, após 10 anos de atuação, desenvolve suas atividades com referências para demais ouvidorias no país, bem como serve de porta de entrada da sociedade civil na Defensoria Pública. "A Ouvidoria Cidadã aposta no exercício de uma política democrático-participativa para a tomada de decisões estruturantes. E para isso, contamos com o apoio de lideranças da sociedade civil nas cidades onde a Defensoria Pública atua, como órgão de execução, através do seu Grupo Operativo, como é o caso de Brumado", esclareceu. 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Ainda segundo ela, desde sua criação até o primeiro semestre deste ano foram mais de 30 mil atendimentos realizados, sejam elas mulheres, juventude, negros, pessoas em situação de rua, as religiões de matrizes africanas, as comunidades LGBT, as pessoas em privação de liberdade e suas famílias e outros grupos. "A gente precisa melhorar a segurança pública da Bahia, e Brumado faz parte deste estado. Onde há um alto índice de mortalidade feminina, também muitas mortes de jovens e a gente ver o clamor dessas mães dizendo [para de nos matar], nós queremos nascer, crescer e envelhecer como qualquer outro grupo social do Brasil", destaca a ouvidora do estado. A audiência pública também contou com a presença de delegados e agentes da polícia civil (20ª Coorpin), além de populares e representantes das entidades de matrizes africanas.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário