ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Após reclamação de usuários, banheiros do terminal rodoviário de Brumado passa por reforma

China coleta amostras pelo ânus para diagnosticar Covid-19: 'Aumenta taxa de detecção'

Rui Costa diz que Anvisa tem “má vontade” para liberar uso da vacina russa

Brumado: Abertas inscrições para o curso de Pós Graduação em Gestão em Saúde na UAB

Dupla é detida com drogas no bairro Dr. Juracy, em Brumado

Há 4 anos sem renovar concessão, 'Embasa atua de modo irregular em Brumado', afirma secretário

Despesas do governo federal com alimentos passam de R$ 1,8 bilhão; só de leite condensado foi quase R$ 15 milhões

Barreiras: Caixão vazio é abandonado em beira de estrada

Brumado: Polícia Civil alerta para cuidados contra crimes de estelionato

SAC adota novo horário de atendimento aos sábados

Brumado registra 49 óbitos por conta da Covid-19, o novo coronavírus

Aracatu: Coelba desativa gatos de energia no município

Bahia: Detran capacita novos coordenadores de unidades de trânsito da capital e do interior

Brumado: Jovem tem bicicleta furtada dentro de casa no distrito de Lagoa Funda

Brumado: Clientes da Oi reclamam que telefones fixo e internet não funcionam

Tremor de terra é registrado em Jacobina

Faustão quebra o silêncio, confirma saída da Globo e não descarta deixar o país

Covid-19: Bahia já recebeu mais de meio milhão de vacinas imunizantes

Brumado confirma 27 novos casos de coronavírus nas últimas 24h

Jogador brumadense assina contrato com o Palmeiras por quatro anos


Brumado: Município se adéqua para aderir à lei de 'Liberdade Econômica'

Foto: Manu Nunes l 97NEWS

Em vigor desde o dia 20 de setembro deste ano, a lei (nº 13.864) da Liberdade Econômica trás novas regras que tentam reduzir a burocracia nas atividades econômicas e foram sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro. Com as mudanças, o governo espera que facilitem e deem mais segurança jurídica aos negócios e estimulem a criação de empregos. A lei libera os horários de funcionamento dos estabelecimentos, inclusive em feriados, “sem que para isso esteja sujeita a cobranças ou encargos adicionais”, tendo apenas algumas restrições, como normas de proteção ao meio ambiente (repressão à poluição sonora, inclusive), regulamento condominial e legislação trabalhista. Em Brumado, a lei será implantada e o secretário municipal de administração, João Nolasco, explicou que a prefeitura já se adequou ao novo sistema do Governo Federal. “Estamos também com uma consultoria em parceria com o Sebrae para implantação do alvará eletrônico. Já estamos marcando um evento para o dia 5 de dezembro, quando convidaremos todos os contadores da cidade e da região vizinha para falar sobre essa lei e esclarecer dúvidas”, informou. Um decreto com todas as adequações para implantação da lei no município será publicado no Diário Oficial do Município até sexta-feira (29). Segundo Nolasco, a lei beneficiará os pequenos empreendedores e aqueles que querem montar o seu negócio. Entre as mudanças, a prefeitura passará a disponibilizar o alvará através da internet. “Com a implantação do alvará eletrônico, o documento será liberado em, no máximo, 72 horas”, destacou. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário