ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Distrito Federal registra primeiro caso de raiva humana desde 1978

Brumado: Presidente da Câmara diz que foi ameaçada após liberar tribuna para deputado

Acusados de feminicídio podem ser obrigados a pagar despesas do INSS

Vila Nova vence Magnesita e leva o título do Campeonato Brumadense 2022

Cresce desinteresse do eleitor brasileiro pelo voto, aponta pesquisa

Psicólogo da Clínica Mais Vida fala sobre o sentido da vida segundo Viktor Frankl

Amado Batista leva multidão em show no São Pedro de Guajeru

Avião cai e assusta moradores na Chapada Diamantina

Sessão ordinária desta segunda-feira (4/07) tem aprovação de textos importantes à comunidade brumadense

Jovem de 16 anos é morto a tiros dentro da rodoviária de Vitória da Conquista

Humorista do SBT faz piada de criança com hidrocefalia e é demitido da emissora

Prefeitos de todo o país vão a Brasília em manifestação contra propostas do governo federal

Preço do botijão de cozinha nas refinarias aumentou mais de 600% entre 2002 e 2021

Caminhão desgovernado tomba em frente a rodoviária da região e deixa motorista ferido

Tanhaçu: Homem de 38 anos morre após levar choque em freezer

Casos de Covid sobe e Brumado volta a registrar óbito por conta da doença

Guanambi: Retorno das aulas na rede municipal é adiado por causa de casos de Covid-19

PM mata irmã após discussão e é presa pelo próprio marido no RJ

Casos de varíola dos macacos chegam a 76 em todo o país, diz Ministério da Saúde

Negros são a maioria das vítimas de crimes violentos no Brasil, mostra levantamento


Operação Faroeste: Presidente da OAB-BA diz que é preciso 'passar Justiça a limpo'

Foto: Reprodução l BNews

Em declarações feitas à imprensa Baiana, o presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Salvador, Fabrício Castro afirmou que é preciso “passar a Justiça a limpo”. Segundo ele, não é possível ter juízes e advogados participando de atos de corrupção. "Tem que ser punido sim”, afirmou. A declaração foi feita após a operação Faroeste, deflagrada pela Polícia Federal. A ação culminou no afastamento de quatro desembargadores, dois juízes e prisão de servidores do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). “A OAB precisa separar o joio do trigo para que a classe seja respeitada como deve ser”, pontuou. Castro ainda disse que o Tribunal de Ética e Disciplina, após uma mudança nas normas internas, tem atuado de forma mais célere, dando uma boa resposta para classe. "Os advogados que cometem infrações éticas podem ser censurados, suspenso e até excluídos dos quadros da Ordem", ressalta. Com o afastamento de Gesivaldo Britto da presidência do TJ-BA, o vice-presidente Augusto Lima Bispo comandará a Corte baiana. “Eu acredito muito no desembargador Augusto Lima, faço votos que ele tenha serenidade. Ele é um homem muito equilibrado. É uma pessoa que saberá conduzir o tribunal nesse momento difícil e sabe que a OAB está disponível”, avaliou. O presidente da OAB-BA afirmou que a postura da entidade é propositiva. “Nós demos a mão ao tribunal para o diálogo, para construção de uma Justiça melhor, e o TJ-BA fechou a porta de uma hora pra outra, e começou a tomar medidas absolutamente contraditórias e absurdas”, informou.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário