ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Empresas se unem e realizam a maior confraternização entre funcionários

WhatsApp libera função para mensagens que desaparecerem automaticamente

Pesquisa aponta Viagra como medicamento candidato a prevenir Alzheimer

Foragidos de SP, MG e DF são alvos de operação em 5 cidades da Chapada

Caculé: Polícia prende homem que ajudou na ocultação do corpo de advogado

Atletas de Caetité conquistam quatro medalhas no Campeonato Mundial de Jiu-jitsu em São Paulo

Corpo em estado avançado de decomposição é encontrado na zona rural de Malhada de Pedras

Corpo de advogado desaparecido é encontrado na zona rural de Caculé

Gabinete de Segurança Institucional autoriza avanço de projetos de exploração de ouro na Amazônia

Morre Mila Moreira, 72, uma das primeiras modelos a se tornar atriz no Brasil

Encanador acha milhões em parede de igreja no Texas

'Entre o Carnaval e a vida dos baianos, eu fico com a vida e saúde dos baianos' diz Rui Costa

Vereadora Verimar do Sindicato, em audiência com o secretário da SERIN, discute proposta para asfalto que liga Brumado ao Distrito de Terra Vermelha

Os melhores aromatizantes para ambientes você encontra na Império Utilidades

Brasil: 75% das famílias têm dívidas, aponta Mapa do endividamento

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia

Brumado: Vida saudável é na Bete Fruits, venha conferir

Ministério da Saúde oferece mais de 21 mil vagas para Médicos pelo Brasil

Conheça o kit 'Barriga Tanquinho' de Marcelo Esportes

Judiciário da Bahia inaugura varas em duas cidades baianas


Bolsonaro eleva tom e dispara contra a TV Globo: 'infernizam a minha vida'

Foto: Reprodução l Vídeo

Da Arábia Saudita, o presidente Jair Bolsonaro mostrou muita irritação em um ataque à TV Globo e ao governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. O foi uma resposta à reportagem publicada no Jornal Nacional, da emissora. A matéria sugere que Bolsonaro autorizou a entrada de Elcio Queiroz, suspeito de matar a vereadora do PSOL, Marielle Franco, em seu condomínio, na Barra da Tijuca, no dia 14  março de 2018. A matéria foi baseada em um suposto testemunho de um porteiro. Bolsonaro negou, dizendo que estava na Câmara Federal, em Brasília, onde consta sua presença no painel de parlamentares. “Por que essa patifaria da parte de vocês? Deixem eu governar o Brasil, vocês perderam. Vocês, o tempo todo infernizam a minha vida. Essa patifaria 24h por dia. Agora querem empurrar a Marielle para cima de mim”, disparou. “Seus patifes da Rede Globo. Patifes! Canalhas! Não vai colar. Não devo nada a ninguém. Não tinha motivo nenhum pra matar quem quer que seja no Rio de Janeiro. Conheci essa vereadora no dia que ela foi executada”, completou. Além disso, Bolsonaro também disse que, em 2022, quando vencerá o contrato de concessão, não fará nada além do legal. Se estiver com problemas, o contrato não será renovado e a Rede Globo perderia a concessão. Bolsonaro, ainda inocentou o porteiro, testemunha que embasou a reportagem da Globo. “Tenho pena do porteiro. Tenho certeza que ele não sabe o que assinou. Acredito que tenha sido vítima de uma farsa”, completou. “Não é que vocês não vão me pegar. Vocês não tem o que me pegar. E ficam inventando essas patifarias, assim como inventaram essa questão”, completou. Por fim, o  presidente lembrou do caso da avó de Michelle Bolsonaro, sua esposa, que foi presa por tráfico de drogas e também do repórter da Época que se apresentou como “gay” para fazer consultas na clinica de psicologia de sua nora, apenas para vasculhar a sua vida e de seus filhos. “Me desculpem a maneira exaltada. Chega ao limite, sou ser humano”, finalizou Bolsonaro.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário