ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Brumado: Homem com mandado de prisão em aberto recebe PM a tiros e fica ferido

Homem é preso por abusar das filhas de 11 e 15 anos em Santo Antônio de Jesus

Clínica Mais Vida amplia quadro de especialista em psiquiatria renovando parceria com Dr. Renato Franco

Brasil: Oposição investiga repasse de dinheiro federal para laboratórios produzirem hidroxicloroquina

Com vaga nas oitavas de final, Juazeirense já garante mais de R$ 5 milhões em premiação

Jaguaquara: Durante discussão, filha joga água fervente em mãe

Vereador Beto Bonelly parabeniza Brumado pelos 144 anos

Brumado: Município registra 20 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h


Brumado: Defensoria Pública Estadual lança cartilha de instrução sobre abordagem policial

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A Defensoria Pública do Estado (DPE) da Bahia realizou o lançamento em Brumado, da cartilha “O que você precisa saber sobre abordagem policial”. O evento ocorreu no dia 17 de setembro na escola municipal Idalina Azevedo Lobo e teve a participação de alunos, pais dos estudantes e diversas pessoas da comunidade. A cartilha foi apresentada à população brumadense de maneira direta e acessível, mostrando a variedade de temas presentes na publicação, como: identificação policial, revista pessoal, uso de algemas, busca domiciliar, realização de exame de corpo delito, devolução de pertences, abuso de autoridade, audiência de custódia, denúncia à violência arbitrária, entre outros assuntos. No evento, o defensor público Ewerton Santos Freitas, lembrou que o acesso à Justiça integral e gratuita às pessoas vulneráveis também é feita por meio de eventos como o lançamento da cartilha na cidade, no qual o conhecimento jurídico é compartilhado, promovendo a educação em direitos para as pessoas da comunidade. Já a coordenadora de Direitos Humanos da DPE, Lívia Almeida, explicou em sua abordagem sobre a estreia relação entre o racismo e os excessos em abordagens policiais. A DPE também ressaltou a importância das vítimas de violência policial não se isolarem e buscarem espaços para compartilharem suas experiências, na reivindicação de seus direitos. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário