ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Petrobras sobe novamente preços da gasolina e do diesel

Brumado: OAB vai acionar prefeito na Justiça após decreto que liberou uso de máscaras

Brumado: Colisão lateral entre veículo de passeio e moto deixa dois feridos na BA-148

Motociclista de 42 anos morre em acidente na BA-148

Brumado: Venha conhecer a loja Império Utilidades

Obras da Fiol entre Ilhéus e Caetité vai gerar até 60 mil novos empregos

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia

Após EUA transplantar rim de porco para paciente com morte cerebral, Brasil deve iniciar testes

Conheça o kit 'Barriga Tanquinho' de Marcelo Esportes

Governo Federal diz que não interferirá em preços de combustíveis

A Pax Nacional tem credibilidade e compromisso comprovado, não aceite imitações

Governo da Bahia assina contrato de R$ 53 mi para colocar presídio de Brumado em funcionamento

RotSat: Conheça o nosso site com 'Menu' de acesso rápido

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Homem apontado como mandante da morte de médico em Barra se entrega à polícia

Bahia: Chuvas ajudam na redução de incêndios florestais na Chapada Diamantina

Operação constata desmatamento ilegal em cerca de 589 hectares na Bahia

Trem carregado com cimento descarrila em área residencial de Brumado

Brumado: Mulher que tentou matar a filha envenenada com chumbinho foi presa após condenação da Justiça


Brumado: Despesas com saúde pública chega aos 34% com vítimas do trânsito

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Acidentes de trânsito provocaram a morte de 35,3 mil pessoas, em 2017. É o que mostram os dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM). Os números são preocupantes, e um detalhe chama a atenção: a maior parte das vítimas fatais é do sexo masculino e jovens em idade produtiva, entre 20 a 39 anos. São milhares de mortes prematuras, ocorridas todos os anos, com forte impacto social, econômico, no setor saúde e para as famílias. Na abertura da Semana Nacional de Trânsito em Brumado, o secretário municipal de saúde, Cláudio Feres, declarou que os acidentes de trânsito estão diretamente relacionados com a saúde pública. “Hoje, no país, a despesa que o Sistema Único de Saúde (SUS) tem, todo ano, com os acidentes de trânsito passa de R$ 2 bilhões por ano, muitas vezes fatais”, declarou. 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Segundo o secretário, as vítimas são encaminhadas para as emergências do país, gerando custos através de cirurgias ortopédicas e neurológicas, com necessidade, em alguns casos, de internação nas Unidades de Terapias Intensivas (UTIs). “São procedimentos caríssimos, chegando a uma média de R$ 72 mil por vítima de acidente de trânsito. Em Brumado, como a maior parte do serviço público de saúde é financiada pelos cofres municipais, boa parte desses R$ 72 mil médios gastos com pacientes vítimas de trânsito é financiada pelo Município”, destacou. Segundo o secretário, em 2018, o município investiu cerca de 34,25% de recursos próprios na saúde, mais do que o dobro do que seria a sua obrigação, bem como montou uma equipe de ortopedia, que realiza cirurgias de risco e eletivas, que se tornou referência na região. Ele também frisou que a maioria dos acidentes acontecem nos finais de semana, quando por velocidade acima do permitido, ou por uso de bebidas alcoólicas. "Vocês não tem ideia de quantas vítimas atendemos todos os finais de semana no hospital municipal, na sua maioria motociclistas que fraturam braço, perna ou até mesmo traumatismo craniano. Precisamos mudar essa realidade", afirmou Claudio.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário