ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Governo federal vai cortar R$ 8,2 bi em verbas de ministérios

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Peritos médicos do INSS encerram greve e voltam a atender na próxima segunda (23)

Bahia: IBGE divulga resultado da seleção do Censo 2022

Em visita à Brumado, ACM Neto critica segurança pública da Bahia

Governo do Estado vai autorizar obras de abastecimento de água, estrada e esportes em Brumado

Elon Musk visita o Brasil para discutir conectividade e proteção da Amazônia

Você sabe quando deve consultar o endocrinologista? Especialista da Clínica Mais Vida orienta sobre principais sintomas

Mais de 12 mil raios atingiram Bahia na última quarta-feira, dia 18

Estado da Bahia utilizará mesma tecnologia em segurança usada em Nova Iorque

Garimpo ilegal movimentou mais de R$ 200 milhões no Brasil

Brumado: Superintendente da SMTT acredita que ‘polêmica’ com radares é apenas uma questão de adaptação

Brumado: Em coletiva, pré-candidato ACM Neto critica péssimos índices na segurança da Bahia e defendeu mudança de postura


Confusão durante concurso da Prefeitura de Aracatu deixa candidatos revoltados

Foto: Reprodução l Stúdio Alves

Um concurso público da Prefeitura Municipal de Aracatu que aconteceu no domingo (15) no Colégio Estadual Coronel Cândido da Silveira Santos, centro da cidade, foi marcado por confusão. Candidatos ao cargos do quadro efetivo ficaram revoltados com o fechamento dos portões as 07h49min. Houve bate-boca, porém o exame seguiu normalmente. A discussão começou quando um funcionário da empresa que aplicava as provas foi questionado sobre o fechamento dos portões 11 minutos antes. Conforme os concorrentes, os organizadores, ao serem questionados, não informaram o motivo. Segundo eles, um funcionário até tentou localizar no edital o horário limite de fechamento dos portões, mas não conseguiu e por isso causou a revolta de algumas pessoas. (Veja o edital)

No edital não localizamos o horário de fechamento dos portões (Foto: Reprodução)

Dez minutos mais tarde, duas viaturas da Polícia Militar chegaram para tentar resolver a situação, mas a confusão continuou. Alguns candidatos alegaram que um dos pacotes onde estavam guardadas as provas foi levado por uma funcionária para fora da escola, situação que acabou sendo questionada pelos candidatos. Militares da 34 ª Companhia Independente da Polícia Militar, responsável pela cidade, acompanharam os candidatos impedidos de entrar no colégio e foram até a Delegacia de Brumado para registrar um Boletim de Ocorrência, devido a cidade de Aracatu não dispor de plantão nos fins de semana. Uma comissão dos candidatos será formada, e eles vão pedir junto ao Ministério Público, a anulação do exame. As inscrições para o concurso foram via internet e presenciais. Os valores das taxas de Inscrições foram de R$70 para nível Superior e R$ 50 para nível Médio. Os Salários variam de R$ 998,00 à 2.300,00. A Prefeitura de Aracatu ainda não se manifestou sobre o fato.

Foto: Reprodução l Stúdio Alves


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário