ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: 'Operação Força Total' tem mais de 20 veículos autuados e 11 apreendidos

Mesmo após corte, gasolina continua mais cara no Brasil do que no exterior

Brumado: Prefeitura vai investir mais de R$ 7 milhões em canais pluviais da cidade

Cresce a cada ano a população de cães na cidade de Brumado; ONGs estão saturadas

Brumado: Morador do bairro São José denuncia descarte e acúmulo de esgoto em galeria pluvial

Brumado: Evento na Câmara Municipal debaterá violência doméstica

Número de mulheres candidatas é o maior das últimas três eleições gerais

Quase 1 milhão de reclamações foram feitas na Anatel no primeiro semestre de 2022

Brumado: Decreto proíbe a entrada de alimentos e bebidas alcoólica em ginásios de esportes e campo de futebol

Incêndio atinge área de vegetação no oeste da Bahia

Vice de ACM Neto tem pedido de impugnação de candidatura ao governo da Bahia

Câmara derruba veto do Executivo ao Projeto de Lei que cria cargo de intérprete de libras

Mega condição especial do Armazém do Criador

Criança risca fósforo e casa é consumida por incêndio em Caetité

Agosto Branco - pneumologista da Clínica Mais Vida alerta sobre a importância da prevenção do câncer de pulmão

Viagens de Bolsonaro em avião presidencial deverão ser ressarcidas durante campanha

Brumado: Agente da Pastoral usa a Tribuna Livre da Câmara para destacar a 'Semana Nacional da Família'

Gel Sol: Intelbras lança módulo fotovoltaico bifacial com eficiência de mais de 20%

Para evitar prisão, mulher do ex-goleiro Bruno faz vaquinha para o marido pagar pensão

Pagamento facilitado e entrega rápida é na Bete Fruits


'Se depender de nós, ninguém vai morrer', diz Associação de Cornos que ajuda pessoas traídas

Foto: Reprodução l G1

Uma associação de Lauro de Freitas, ajuda pessoas traídas a lidar com a dor da infidelidade para evitar qualquer tipo de violência e até mesmo o suicídio. De forma leve e descontraída, a Associação dos Cornos de Lauro de Freitas surgiu há cerca de oito anos como uma brincadeira, agora, os integrantes da associação querem mostrar que traição é um assunto sério e a infidelidade não pode custar a vida do outro, nem a própria vida. Ao G1, o funcionário público e fundador da associação, Reginaldo Sales de Oliveira, mais conhecido como Malhado, conta que o grupo faz trabalho social e prega o fim da violência, principalmente contra a mulher. "A gente faz uma brincadeira mas tem o lado social também. A gente conversa com o 'corno', se reúne e se precisar vamos até a casa da pessoa para tentar entender a situação e ajudar", diz Reginaldo. Reginaldo conta que algumas pessoas mudam a forma negativa de ver a traição e levam o caso na "brincadeira", sem dar muita importância ao que passou. Outras, não. "Tem muita mulher sendo agredida porque os homens acham que houve traição, ou até mesmo por ser corno. Nossa associação quer poder conversar com os homens para que isso não ocorra, as pessoas precisam aprender a tocar suas vidas independentemente do que tenha ocorrido no relacionamento", disse. Reginaldo contou ao G1 que em alguns casos a pessoa traída fica em depressão ou tenta cometer o suicídio. "Depois que meu amigo Toinho [Antônio Fernando - presidente da associação] quis se jogar de uma passarela, se matar por causa de uma mulher, começamos a enxergar a questão de forma mais séria e pensamos como poderíamos ajudar as pessoas traídas. A gente quer todos os cornos vivos", ressaltou Reginaldo, em tom de brincadeira. A associação também conta com a participação de mulheres. "Tem gente que nem levou corno. As meninas tiram fotos, levam as coisas na brincadeira e agitam a conversa. Elas estão aqui para dar apoio nas ações do grupo, para divulgar e até para mostrar que tem coisas que devemos deixar para trás na vida, como é o caso do corno tomado", conta Amarílio. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário