ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Polícia encontra depósito clandestino de combustíveis em Itapetinga

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Abastecimento em bairros e localidades rurais de Brumado registra irregularidade por falta de energia elétrica

Preço da gasolina sobe quase 60 centavos e chega a R$ 5,09 em Brumado

Clínica Mais Vida traz para Brumado o que há de mais moderno em Ultrassonografia de qualidade e alta definição

Barra do Choça: Mulher é encontrada morta dentro de casa; suspeito possuía dívida de R$15 mil

Acusado de furtar seringas, servidor foi encontrado morto antes de ser ouvido em Conquista

Fim de semana com alimentos saudáveis é na Bete Fruits

47 novos casos de coronavírus são registrados nas últimas 24h em Brumado

Brumado; Presidente da Câmara afirma que áudio em que ele pede 'farra' no primeiro salário, 'não passou de uma brincadeira entre eles'


Comerciantes de Brumado fecham as portas nesta sexta (30) em protesto contra a Área Azul

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Em protesto pacífico, empresários da área central de Brumado fecharam as portas nesta sexta-feira (30), entre 08h e 10h da manhã, e foram se manifestar contra o estacionamento rotativo, exigindo tolerância no tempo da vaga, diminuição na área demarcada e nos valores cobrados por parte do poder público. A concentração aconteceu na Câmara de Vereadores, onde o diretor de relações institucionais da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Orlando Gomes, que representou a categoria, manifestou a insatisfação com a perda de clientes e no faturamento do comércio local. “Esse boicote da população gerou um prejuízo muito grande no comércio. Talvez, as pessoas não tenha a dimensão desse prejuízo”, afirma Gomes diretor de relações da CDL. Nos últimos dois meses, os comerciantes perderam de 30 a 50% nas vendas, e muitos ameaçam colocar funcionários para fora. Segundo a categoria, com a perda dos clientes, não será possível gerar tributos, empregos e economia para a cidade. “Se a Zona Azul veio mesmo para resolver o problema de vagas, que seja feita da forma correta", alerta Orlando. A entidade também convidou para o protesto a população brumadense e os comerciários.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário