ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Com ajuda de cão farejador, PRF apreende quase 3 toneladas de maconha em Vitória da Conquista

Anvisa mantém orientação sobre vacinação de adolescentes e contraria determinação do MS

Brumado já registrou 400 furtos de placas de sinalização de trânsito, diz SMTT

Ministério da Saúde suspende por cautela vacinação para adolescentes de 12 a 17 anos

Bahia: Caetité, Jacobina e Itagibá reuniram 51% da produção mineral em agosto

Em audiência pública, Prefeitura apresenta proposta do Orçamento 2022

Brumado: Horta comunitária vira exemplo de inclusão social e produtiva em Pedra Preta

Itapetinga: Polícia recupera animais furtados avaliados em mais de R$ 100 mil

Coruja branca aparece no centro de Brumado e é resgatada por populares

Relatório mostra efeito da pandemia no mercado de shows no Brasil

Vacinação contra Covid segue para pessoas com 17 anos ou mais em Brumado

Dia 'D' da Campanha Antirrábica será no próximo sábado (18)

Brumado: Casos ativos de Covid-19 continuam caindo no município

Ituaçu: Justiça determina abertura de CPI para investigar supostas irregularidades na prefeitura

Brumado: Incêndio é controlado com ajuda de videomonitoramento e caminhão pipa

Com cesta básica consumindo até 47% do salário mínimo, brumadenses diminuem compras no supermercado

RotSat: 15 de Setembro - Dia do Cliente

Conquista: Polícia prende homem de 37 anos por tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e fraudes bancárias

Sindicato dos Bancários distribui mais de uma tonelada de alimentos em Brumado e Livramento

Brumado registra menos de 100 casos ativos por conta da Covid-19


Guanambiense e preso pela PF acusado de pertencer à organização internacional de tráfico de drogas

Foto: Divulgação l PF

Uma operação da Polícia Federal na última terça-feira (27), prendeu um guanambiense e outras 11 pessoas na operação denominada "Alba Vírus". Segundo a PF, André Luiz Gonçalves foi acusado de atuar na parte logística e financeira de um grupo criminoso, que foi desarticulado durante a operação, que apreendeu mais de R$ 28 milhões em espécie, 10 carros de luxo, 26 caminhões e R$ 23 milhões em imóveis de alto padrão. Ainda segundo a Polícia Federal, outras cinco pessoas permanecem foragidas, entre elas, o empresário do ramo portuário, Eduardo Oliveira Cardoso, de 43 anos. Ele é procurado pela PF por suspeita de participar do envio de pelo menos seis toneladas de cocaína à Europa por carregamentos no Porto de Santos (SP) e outros complexos brasileiros. O guanambiense  estava trabalhando em São Paulo como assessor parlamentar de um vereador, mas também atua no ramo de vendas de celulares pela internet. O delegado Ciro Tadeu Moraes, chefe da PF em Santos, explicou que os criminosos identificados tinham “organização recente”. Segundo ele, toda a quantia apreendida na operação, assim como os bens, são decorrentes da venda do entorpecente a narcotraficantes europeus. A Operação Alba Vírus, que significa veneno branco em latim, cumpriu 42 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Bahia.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário