ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado registra 61 óbitos por conta da Covid-19; município ultrapassa 5 mil casos confirmados e 335 em tratamento

Brumado: Uma pessoa é flagrada desrespeitando toque de recolher

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Restrição de atividades: Saiba o que poderá funcionar na Bahia de sexta a segunda

Bahia: Rui Costa prevê que Brasil vai ‘mergulhar no caos em duas semanas’ por causa de Covid-19

Auxílio deve voltar em março com parcelas de R$ 250, diz Governo

Dono do hit ‘Gordinho Gostoso’, Neto LX é detido com carro roubado

Vacinação contra o coronavírus é retomada nesta sexta-feira (26)

Prosel 2021: Abertas inscrições para o Processo Seletivo do Ifba/Brumado

Brumado: É Fake o vídeo que circula nas redes sociais na qual torcedores do Flamengo estariam nas ruas em comemoração ao título

Governador proíbe cirurgias eletivas em hospitais públicos e privados da BA por 7 dias

Flamengo é campeão brasileiro mesmo após perder para o São Paulo no Morumbi

Brumado: Incêndio destrói casa na Rua Nazaré no bairro Dr. Juracy; não havia ninguém na residência

Brumado: Mãe de empresário é atropelada por motocicleta na Avenida Centenário

Brumado: Jovem de 24 anos é morto a tiros na Av. Antônio Mourão Guimarães

Brumado: Município registra 59 mortes por conta da Covid-19; 30 estão hospitalizados


Uso do biodigestor muda a vida das famílias de produtores rurais em Brumado

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O aproveitamento do biogás promoveu uma virada nas contas da família do senhor Aparecido e da dona Marlene, na comunidade de Piabanha, zona rural de Brumado. O produtor zerou a despesa com a compra do gás de cozinha. Somando os ganhos, a redução do gasto com o GLP e a economia gerada pelo biodigestor estão trazendo melhoria de renda para a família na ordem de R$ 840 por ano. O agricultor conta que resolveu apostar no aproveitamento sustentável dos dejetos após conhecer o projeto na Divina Providência, que inclusive forneceu o biodigestor para eles. "A partir de 2014, assim que recebemos a cisterna, começamos a cultivar hortaliças em nossa propriedade, e ai nasceu o interesse um ter um biodigestor, quem também fornece adubo para a horta", conta dona Marlene. A propriedade conta com um biodigestor grande em atividade, que é alimentado todos os dias com um balde de esterco fornecido pelo gado da propriedade, e acrescenta-se um balde de água, formando assim o biogás. "Esse gás ele vai do biodigestor direto para o fogão de casa. É um gás limpo, não tem cheiro e tem uma chama mais potente", disse ao 97NEWS Aparecido. Quando o nível do reservatório chega ao seu limite máximo, a família ainda reaproveita a sobra, que é considerada como biofertilizante. As hortas irrigadas com o fertilizante natural são destinadas ao cultivo do coentro, alface, que serve para a própria família. Com isso, a propriedade também reduziu os gastos com adubo e ficou mais produtiva. "Nossa hortaliça é 100% orgânica, não usamos nenhum agrotóxico", comenta Marlene. Segundo a família, apostar no aproveitamento sustentável dos dejetos foi uma decisão acertada. A mudança garantiu redução de custos e vantagens para o meio ambiente, uma maneira de colaborar com o que recebem da terra.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário