ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Bahia: APLB é denunciada por coagir professores para que recebam precatórios; entenda

Aracaju: Famílias disputam linguiça vencida descartada em terreno

Anvisa aprova uso de autotestes para Covid-19 no Brasil

Psicóloga especializada em Terapia Cognitiva Comportamental passa a fazer parte do quadro de especialistas da Clínica Mais Vida

Bahia vacina mais de 90% dos bovinos e bubalinos contra a febre aftosa

Caso do tripléx do Guarujá envolvendo Lula é arquivado pela Justiça

Brumado: CIPRv divulga relatório de acidentes do mês de janeiro de 2022 nas rodovias da região

Bahia: Governo suspende feriado prolongado no período do carnaval

Brumado registra 292 casos ativos e 3 pacientes internados por conta da Covid-19

Brumado: Sala do empreendedor auxilia na declaração anual do MEI

Brasil: 32 milhões de doses da vacina Janssen ainda não foram distribuídas às cidades

Pastores são presos por estupro de vulnerável e cárcere privado na Bahia

Ipespe mostra Lula no topo das intenções de voto, com 44%; Ciro e Moro empatam

Laboratórios privados deixam de notificar casos de Covid-19 na Bahia, diz Sesab

Brumado: Durante fiscalização na garagem da Novo Horizonte, PM apreende acessórios e cosméticos falsificados dentro de ônibus

Brumado: Polícia cumpre mandado de prisão contra traficante de drogas

Brumado: Prefeito destaca 1º vestibular de medicina que será realizado de forma online

Alunos da rede municipal de ensino de Brumado conquistam medalha de prata na OBMEP 2021

Homem é encontrado morto em Livramento de Nossa Senhora

Fundo Eleitoral de 2022 é 7 vezes maior do que valor destinado à Anvisa em 2021


Mesmo com impasse entre Prefeitura e Embasa, empresa realiza sondagens para implantação do esgotamento em Brumado

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A polêmica da privatização do saneamento básico em Brumado começou no fim de 2018, quando o prefeito Eduardo Vasconcelos, anunciou a realização de uma licitação para o plano municipal de saneamento para entregar a iniciativa privada. Segundo o gestor, a proposta é para que a nova empresa que assumir, possa explorar pelos serviços na Capital do Minério por trinta anos. Dentro do processo de implantação do novo modelo de gestão para o controle do Plano Municipal de Saneamento (PMS) - Abastecimento de água e Esgotamento Sanitário, o município realizou várias audiências públicas para que a população conhece-se o novo modelo de saneamento básico. Com o projeto aprovado na Câmara, o município, agora, poderá realizar o processo licitatório, projetando que a efetivação do novo plano de águas e saneamento possa entrar em vigor. Com isso, a empresa vencedora do certame ficará encarregada do abastecimento e também da realização das obras do esgotamento sanitário da cidade, as quais estão orçadas em cerca de R$ 80 milhões. Mas o que chama a atenção é que, mesmo com todo o projeto do município para a implantação do novo sistema de abastecimento e saneamento, a Embasa está realizando serviços de topografia e sondagens no solo da cidade. Em entrevista ao 97NEWS, o diretor regional da Embasa, Paulo Ledo, informou que a empresa está realizando os serviços de sondagem, com vistas à instalação do sistema de esgotamento sanitário do município pela empresa. “O projeto está pronto e essas sondagens são apenas para confirmação e verificação de dados. Enfim, são necessárias para complementação do projeto”, destacou. De acordo com Ledo, a licitação para início das obras da primeira etapa do projeto acontecerá no mês de outubro. A licitação seria realizada em maio, porém, segundo o diretor, o impasse com a prefeitura municipal, que quer privatizar o serviço de água e esgoto na cidade, acabou atrapalhando o andamento do processo. “De qualquer maneira, a Embasa vai licitar. Após a licitação, não sabemos o que irá acontecer. Acreditamos que muita água irá rolar debaixo dessa ponte e chegaremos a um denominador comum”, relatou.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário