ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Matrícula na rede estadual de ensino começa na próxima segunda

É hoje! Estrutura do Verão Vip pronta para receber Maiara & Maraísa, Tayrone e Parangolé

Faustão é diagnosticado com Covid-19 e programa é suspenso na Band

Você sente muita fome a noite? Nutricionista da Clínica Mais Vida explica os motivos e o que fazer para diminuir

Caminhão bate em van, carro capota e sete ficam feridos

Israel doa 3 máquinas purificadoras de água às cidades atingidas por enchentes na Bahia

Bahia completa um ano de vacinação contra Covid-19 e redução de taxa de mortalidade

Livramento de Nossa Senhora: Homem é preso acusado de trafico drogas em bar

Brumado registra 140 casos ativos de Covid-19

ACM Neto testa positivo para Covid-19 e cancela agenda em Brumado e Região

Homem tenta escapar da polícia, mas é alcançado e preso com mais de meia tonelada de maconha

Brumado: Prefeitura libera consumo fora das dependências do Restaurante Popular

Brumado: Motociclista e passageiro são arremessados durante colisão em frente ao Fórum; vídeo

Brumado: Criança de 4 anos morre após carro capotar na BA-148

Brumado: Radar é instalado para controle de velocidade próximo ao Terminal Rodoviário

Brumado: Secretaria de Saúde inicia vacinação para crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19

Papa Francisco reza pelas vítimas das enchentes no Brasil

Rui Costa ameaça reduzir 'drasticamente' público em eventos

MP-BA aciona operadoras telefônicas Claro, Vivo, Tim e Oi por vazamento de dados pessoais

Brumado: Funcionários demitidos da Endicon realizam 4º dia de manifestação em busca de receber salários e rescisões


Liminar da justiça paralisa obras do Porto Sul em Ilhéus

Foto: Divulgação

Uma liminar expedida na última terça-feira (9) pelo juiz Alex Venícius Campos Miranda, da Comarca de Ilhéus, determinou a interdição imediata das obras do Porto Sul. De acordo com a decisão, a área de pouco mais de sete hectares escolhida para construção, localizada no distrito de Aritaguá, não pertenceria ao estado da Bahia. O texto afirma que de maneira arbitrária e sem pagamento de indenização, os réus, o Estado da Bahia e a Bahia Mineração S.A (Bamin), estariam tentando ocupar o terreno e retirando os atuais ocupantes dos 61 lotes para instalação do Complexo Portuário e de Serviços Porto Sul. A área em questão teria sido desmembrada de um terreno maior, ocupado na década de 60 e loteada a partir dos anos 90. Três outras ações foram consideradas pelo juiz, segundo a liminar, o objetivo delas seria impedir que os réus ameacem ou esbulhem a posse sem antes negociar e indenizar. O Estado, em um parecer emitido pela Procuradoria Geral do Estado, alega que o imóvel tem natureza devoluta. O Ibama, no momento do licenciamento do empreendimento, indicou a necessidade de idenizar os possuidores. Como decisão, uma audiência de justificação foi marcada para dia 27 de agosto, onde os réus deverão apresentar laudos e documentos de avaliação da área e a cópia integral da Discriminatória Administrativa, que o Estado afirma ter apresentado aos ocupantes. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário