ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Fisioterapeuta da Clínica Mais Vida fala sobre a importância da fisioterapia no alívio das dores causadas pela Chikungunya

Bahia ocupa 3° lugar no ranking nacional de habitações precárias, aponta fundação

Sindicato dos Comerciários conquista vários benefícios para todos os trabalhadores e trabalhadoras do comércio de Brumado e Região

Google Tradutor adiciona Guarani e outros idiomas da África, Ásia e América do Sul

Polícia Rodoviária Federal registra apreensão recorde de cocaína em 2021

Mãe tenta vender filho por R$ 400 e foge do hospital após parto

Brumado: Homem é preso após matar companheiro da ex-namorada com golpes de faca no bairro do Mercado

Planejamento das Eleições Gerais 2022 é debatido na sede do TRE-BA

Barra da Estiva: PM apreende seis carros com suspeita de serem clonados

CGU aponta R$ 2,6 bi em desvios do Farmácia Popular

Eleições no Clube Social de Brumado: Chapa 2 quer renovação e inclusão das mulheres na gestão

Estados dizem que cumpriram lei e vão recorrer no STF sobre ICMS no diesel

Em mais uma decisão, justiça suspende licitação que pretendia privatizar serviços de água e esgoto em Brumado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Neste domingo (15) haverá o fenômeno 'Lua de Sangue' triplamente especial

Sabadão! Tudo pronto para a festa 'Apaixona Brumado' no espaço Popeye Prime

STF suspende políticas estaduais sobre o ICMS do diesel a pedido do Governo Federal

Anvisa e Butantan se reúnem para tratar da CoronaVac para crianças


Dançarina morre e sanfoneiro de banda fica ferido após serem baleados no norte da Bahia

Foto: Divulgação

Uma dançarina da banda cearense de forró Sala de Reboco morreu, na madrugada desta sexta-feira (5), após ser baleada na cidade de Irecê, no norte da Bahia. Na ocasião, outras duas pessoas ficaram feridas. Segundo relato do dono da banda, Antônio Neto Rocha, ao site G1, quatro integrantes do grupo - duas dançarinas, o sanfoneiro e a cantora - e o motorista estavam em um carro, quando o veículo foi atingido por tiros disparados por policiais militares que seguiam o veículo. Na ocasião, três pessoas foram baleadas: Gabriela Amorim, de 25 anos; o sanfoneiro Eliedelson Possidônio Júnior, de 32 anos; e a cantora Joelma Rios. Por meio de nota, PM lamentou a morte de Gabriela Amorim e afirmou estar comprometida com a apuração dos fatos. o documento aponta também que o Comando de Policiamento Regional da Chapada (CPR) instaurou um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias da ocorrência. Ainda segundo a PM, uma guarnição da unidade flagrou um veículo modelo Hilux SW4, de cor preta, trafegando na contramão, no centro do município de Irecê, e iniciou o acompanhamento ao perceber que o motorista permanecia com uma direção perigosa. Posteriormente, ainda de acordo com a PM, foi formado um bloqueio na altura da Rua 1º de Janeiro, mas o condutor não teria respeitado o alerta de parada, e um novo bloqueio foi estabelecido por equipes do 7º Batalhão, desta vez na Avenida Santos Lopes. A PM afirmou que mais uma vez o veículo não obedeceu à ordem de parada, manobrando perigosamente pelo acostamento e dando continuidade à fuga pelo centro da cidade, em alta velocidade, transitando pela contramão. Após o carro ter furado os dois bloqueios, os policiais atiraram contra o veículo e abordaram os ocupantes, momento em que foram constatados dois feridos. Ainda segundo a PM, a guarnição imediatamente acionou o Samu, que socorreu um homem, ferido na perna, e uma mulher, para o Hospital Geral de Irecê. 

 

As fotos mostram marcas de tiro na parte de trás do veículo - Foto: Divulgação

Conforme o dono da banda detalhou ao G1, as vítimas, que estavam hospedadas em Irecê decidiram jantar em Lapão, cidade a cerca de 11 km de Irecê. Quando retornaram, foram seguidos pela polícia que começou a atirar contra o carro. "Eles contam que a polícia seguiu eles com o carro apagado, sem o giroflex ligado, e em momento algum pediu que eles parassem o veículo", contou Antônio. Após ser atingida, a dançarina Gabriela ainda foi socorrida para o Hospital, mas não resistiu ao ferimento. Já o sanfoneiro, Eliedelson Possidônio Júnior foi baleado na perna e está internado na mesma unidade de saúde. Já a cantora Joelma Rios foi atingida nas nádegas e de raspão na perna. "Joelma contou que quando percebeu os disparos, ela saiu do carro com as mãos para cima, gritando, dizendo que no carro só tinham trabalhadores, artistas. Ela disse também que, com o barulho da ação, os moradores saíram das casas", contou Antônio. O dono da banda detalhou que o grupo havia feito o último show da agenda junina no dia 30 de junho, em Jacobina, cidade também do norte da Bahia. Entretanto, como Antônio tem um escritório em Irecê e os integrantes da banda têm conhecidos na região, eles ficaram em na cidade baiana para descansar. "Eles estavam se despedindo dos amigos e iriam embora de Irecê hoje. Só queriam se despedir comendo uma galinha famosa aqui na região, e quando voltaram aconteceu isso", lamentou Antônio. A dançarina Gabriela deixa um filho de seis anos. Ainda não há detalhes sobre o sepultamento dela.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário