ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Bahia registra recorde na média móvel de casos de Covid-19

Brumado confirma a 47ª morte por conta do novo coronavírus

Caoa pode substituir Ford na fábrica de Camaçari, afirma coluna

Vacina negociada pelo Governo da Bahia é rejeitada pela Anvisa

Município de Brumado serviu como base de distribuição da Coronavac para microrregião

Brumado: Em nota, vereador denuncia que recebeu gabinete sem móveis e computadores

Mais rápida, grave e letal entre jovens: médicos relatam

Primeiras doses da vacina contra a Covid-19 chega em Brumado; imunização começou na manhã desta terça-feira (19)

Clínica Mais Vida traz para Brumado e região a médica Dra. Pâmela Araújo, que atua na área de Alergologia e Imunologia

Primeiras doses da vacina contra a Covid-19 chegam em Salvador

Nova doença pode gerar pandemia mais letal que Covid-19, alerta especialista

Bahia: Pelo menos dez cidades devem receber vacinas contra Covid-19 nesta segunda

Vacinação contra Covid-19 na Bahia deve durar 16 meses, estima Fábio Vilas-Boas

Profissionais de saúde compõem grupo da 1ª fase de vacinação contra Covid-19 em Brumado, diz secretário

Cidemar vence Covid-19 e tem reencontro emocionante com a família; vídeo

Após veículo capotar duas vezes, família sobrevive a acidente na BR-030 entre Brumado e Ibitira

Sede do Graer abrigará vacinas na Bahia; distribuição será feita com aeronaves

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!

Enfermeira de São Paulo é 1ª vacinada contra Covid-19 no Brasil

Pax Nacional sempre ao seu lado


Famílias baianas são as que mais recebem Bolsa-Família, diz avaliação

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Na Bahia, o número absoluto de famílias beneficiadas com o Bolsa-Família, principal programa de transferência de renda do governo federal, é o maior do país desde a implementação projeto, no ano de 2004. A informação é da ferramenta de visualização de dados, da Secretaria de Avaliação e Gestão, do Ministério da Cidadania. Em 14 anos, os valores repassados ao estado aumentaram em oito vezes. A região do Nordeste, se destaca por causa do ponto de vista econômico e das questões climáticas. Alguns pontos podem ser citados como a falta de criação de empregos formais. Além disso, existem as questão da seca que afeta os municípios, e isso faz com que Nordeste se destaque, segundo o Ministério da Cidadania. Em 2004, o estado recebeu exatos R$ 532.684.471,00 para quase 834 mil famílias. Em 2011, o dinheiro repassado para a Bahia quadruplicou e número de famílias beneficiadas triplicou. A Bahia recebeu R$ 2.261.751.025,00 para 1.752.766 casas. Em 2012, o governo federal repassou R$ 2.745.399.558,00 para 1.808.346 famílias. Já em 2016, o estado recebeu R$ 3.775.541.552,00. Já este ano, nos cinco primeiro meses do governo de Jair Bolsonaro, os baianos receberam 1.367.497.610,00 para 1.846.806 famílias.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário