ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Brumado: Homem com mandado de prisão em aberto recebe PM a tiros e fica ferido

Homem é preso por abusar das filhas de 11 e 15 anos em Santo Antônio de Jesus

Clínica Mais Vida amplia quadro de especialista em psiquiatria renovando parceria com Dr. Renato Franco

Brasil: Oposição investiga repasse de dinheiro federal para laboratórios produzirem hidroxicloroquina

Com vaga nas oitavas de final, Juazeirense já garante mais de R$ 5 milhões em premiação

Jaguaquara: Durante discussão, filha joga água fervente em mãe

Vereador Beto Bonelly parabeniza Brumado pelos 144 anos

Brumado: Município registra 20 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h


Papa Francisco pede a estudantes que deixem o vício do celular

Foto: Reprodução l Rede Social

Durante discurso para estudantes do instituto público Ennio Quirino Visconti, escola secundária clássica de Roma, o papa Francisco pediu aos jovens, no último sábado (13), no Vaticano, que se "libertem da dependência" do telefone celular, que é "como uma droga." "Libertai-vos da dependência do celular! Por favor!", clamou Francisco. Ele explicou "que os telefones celulares são um grande progresso de grande ajuda, e é preciso usá-los, mas quem se transforma em escravo do telefone perde a sua liberdade". O papa lembrou que "o telefone celular é uma droga" que "pode reduzir a comunicação a simples contatos". O pontífice disse aos estudantes que não tenham medo das diversidades e ressaltou que “os diálogos entre diferentes culturas enriquece um país, enriquece a pátria e nos faz olhar para uma terra de todos e não só para alguns”. Para ele, a escola deve educar em prol da inclusão, do respeito à diversidade e da cooperação.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário