ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Boletim registra 46 casos ativos, 170 curados e 219 confirmados

Brumado: Moradores relatam o aparecimento de cobras em suas residencias no bairro Olhos D'água

Brumado: Em nota, Câmara informa que sessão será somente para votação do andamento ou não do impeachment ao prefeito Eduardo Vasconcelos

Motorista de BMW é preso ao transportar 1,5 mil comprimidos de ‘rebite’

PMs suspeitos de sequestros e roubos são alvos de operação na Bahia

Brumado: Quarentena tem sido obstáculo para que mulheres realizem denúncias e número de notificações cai no CREAS

Brumado: Diagnosticada com fibromialgia, seis meses depois, vendedora de cachorro-quente fala de tratamento e agradece comunidade por ajuda

Pela primeira vez na história o município de Brumado, poderá ou não, ter o pedido de 'impeachment' contra um gestor

Brumadense Alan Pinheiro quer alcançar marca dos duzentos jogos no futebol japonês

BR-30: Homem de 49 anos morre atropelado no distrito de Ibitira

Polícia apreende homem por embriaguez ao volante com quase R$ 6 mil em carro de luxo

Brumado: Cadastro para o auxílio à artistas brumadense está garantido após nomeação de novo secretário da cultura

Brumado ultrapassa os 200 casos de Covid-19

Mesmo após encerramento de atualizações, Caixa Tem continua com problemas de instabilidade

Número de casos da Covid-19 na Bahia ultrapassa os 80 mil; curados se aproximam de 55 mil

Covid-19: Mais dois pacientes estão curados do coronavírus em Brumado

Após adiamento de eleição, TSE posterga prazos eleitorais de julho em 42 dias


Mesmo com reforma realizada pelo Conselho de Segurança de Barra da Estiva delegacia ainda não vai receber presos

Foto: Divulgação

Devido à problemas estruturais e superlotação de presos, a Justiça determinou que a Delegacia de Barra da Estiva fosse interditada em 2018. Nesse intervalo de meses, os custodiados foram transferidos para unidades da região e, até hoje qualquer prisão realizada no município, os presos são custodiados ou na sede da 20ª Coorpin em Brumado, ou em Delegacias da região. Tentando restabelecer a estrutura do local, um Conselho Comunitário de Segurança, formado no município há vários anos promoveu uma reforma nas dependências da Delegacial Territorial. Segundo o presidente do órgão, Lúcio Cordeiro, a reforma foi feita através de recursos da própria Justiça. “Na impossibilidade do uso dessa estrutura para atender a necessidade da segurança em nossa cidade e região, reformamos todas as celas e a parte externa pra melhorar o funcionamento da estrutura. Também reformamos a parte dos servidores com os equipamentos para o trabalho”, disse. Questionado pelo fato de que mesmo com a reforma, as celas continuam interditadas, o presidente esclareceu que, "a empresa responsável pelo fornecimento dos alimentos aos presos rompeu o contrato com o Estado e a situação ainda não foi solucionada”, completou.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário