ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Nova doença pode gerar pandemia mais letal que Covid-19, alerta especialista

Bahia: Pelo menos dez cidades devem receber vacinas contra Covid-19 nesta segunda

Vacinação contra Covid-19 na Bahia deve durar 16 meses, estima Fábio Vilas-Boas

Profissionais de saúde compõem grupo da 1ª fase de vacinação contra Covid-19 em Brumado, diz secretário

Cidemar vence Covid-19 e tem reencontro emocionante com a família; vídeo

Após veículo capotar duas vezes, família sobrevive a acidente na BR-030 entre Brumado e Ibitira

Sede do Graer abrigará vacinas na Bahia; distribuição será feita com aeronaves

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!

Enfermeira de São Paulo é 1ª vacinada contra Covid-19 no Brasil

Pax Nacional sempre ao seu lado

Mais da metade dos inscritos falta ao 1º dia do Enem em meio à pandemia

Super promoção da Loja Império 10: duas peças por somente R$ 15

Por unanimidade, Anvisa aprova uso emergencial de vacinas contra covid

Bahia: Roças com 120 mil pés de maconha são descobertas em Curaçá

Empresa brumadense vai investir R$ 8 milhões na cidade e gerar novos empregos

Embasa descobre novas ligações clandestinas no distrito de Lagoa Funda, em Brumado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Sesab afirma que está preparada para vacinar 5,08 milhões de pessoas na Bahia


Brumado: Após ter casa lacrada pela prefeitura, morador do bairro São José cobra ressarcimento de mobília estragada pela lama

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Todos os móveis do morador foi danificado devido a lama que invadiu sua casa após obras de canalização do riacho do bairro bloquear a passagem da água das chuvas. Vânius Santos, morador do São José, foi obrigado a sair da casa na manhã desta quarta-feira (27), assim que a Defesa Civil interditou o imóvel. Ainda na quarta, o morador usou as redes sociais mais uma vez e denunciou outro impasse com a prefeitura. Segundo o músico, após o projeto de permuta aprovado na Câmara autorizando o município a construção um novo imóvel,  ele agora se vê em um novo porém. É que de acordo com Vânius, o projeto não prevê o ressarcimento da mobília perdida com as chuvas e, além disso, a partir de agora ele não poderá mais entrar na casa. "O contrato reza que eu só posso sair da casa quando a outra residência estiver pronta. Mas na manhã de hoje veio uma equipe da prefeitura, sem identificação dizendo que era da Defesa Civil, lacrou minha casa e proibiu minha entrada", relatou o músico. Vânius também relata que mesmo a prefeitura lacrando o imóvel, ela não pode demolir, devido o acordo realizado em contrato. "Já que o município age assim, então agora vou cumprir o contrato, eu só vou liberar a casa pra ser demolida depois que a minha nova casa estiver pronta e mobiliada", desabafou Vânius. Ele ainda diz que a sua família não pode ficar no prejuízo, tendo em vista que o erro foi da empreiteira. “O prefeito está achando que a gente é palhaço. Por que as demais casas invadidas não foram lacradas, nem notificadas? Porque a prefeitura não tem interesse na casa deles. Estou sendo lesado, roubado na cara dura. Isso está acontecendo como se fosse uma quebra de contrato”, reivindicou. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário