ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Governo federal vai cortar R$ 8,2 bi em verbas de ministérios

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Peritos médicos do INSS encerram greve e voltam a atender na próxima segunda (23)

Bahia: IBGE divulga resultado da seleção do Censo 2022

Em visita à Brumado, ACM Neto critica segurança pública da Bahia

Governo do Estado vai autorizar obras de abastecimento de água, estrada e esportes em Brumado

Elon Musk visita o Brasil para discutir conectividade e proteção da Amazônia

Você sabe quando deve consultar o endocrinologista? Especialista da Clínica Mais Vida orienta sobre principais sintomas

Mais de 12 mil raios atingiram Bahia na última quarta-feira, dia 18

Estado da Bahia utilizará mesma tecnologia em segurança usada em Nova Iorque

Garimpo ilegal movimentou mais de R$ 200 milhões no Brasil

Brumado: Superintendente da SMTT acredita que ‘polêmica’ com radares é apenas uma questão de adaptação

Brumado: Em coletiva, pré-candidato ACM Neto critica péssimos índices na segurança da Bahia e defendeu mudança de postura


Acidente de moto deixa mulher sem o braço

Foto I.A.

A moto é um dos veículos mais charmosos e elegantes existentes na terra, e se apresenta como uma condução rápida, eficaz e de fácil manuseio, mas quando acontecem acidentes envolvendo esses veículos deixam marcas eternizadas nas pessoas que conseguem sobreviver. Uma dessas marcas ficará para sempre em uma vítima de acidente de moto na região de Itapetinga.

 

O acidente envolvendo o casal José Ricardo Magalhães Santos, de 38 anos, e Maria de Fátima Oliveira Pereira, de 37 aconteceu na noite do ultimo sábado dia 28 de junho, quando eles trafegavam de Itapetinga para Macarani. Ao perder o controle do veiculo eles se chocaram contra a proteção lateral de uma ponte e Fátima acabou tendo o braço amputado na hora do choque. As vitimas não correm risco de morrer, no entanto Fátima ficará com esta marca violenta no corpo para sempre.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário