ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Em coletiva, pré-candidato ACM Neto critica péssimos índices na segurança da Bahia e defendeu mudança de postura

Brumado: PM impede que morador em situação de rua seja espancado até a morte por homens; veja vídeo

Loja da Eletrozema é consumida por incêndio em Livramento de Nossa Senhora

Secretário de Administração Penitenciária da Bahia realiza visita técnica ao presidio de Brumado

Brumado: Polícia Civil concluiu investigação do homicídio ocorrido no bairro do Mercado

Brumado: Secretário de Administração Penitenciária é recebido pelo prefeito Eduardo Vasconcelos

Sala do Empreendedor promove workshop para estudantes do CEEP de Brumado

Idoso de 67 anos fica ferido em acidente com picape próximo a 'Serra do Marçal'

Médico é preso em flagrante suspeito de estuprar adolescente de 13 anos

Você já ouviu falar no Rap Geek? O Tema Livre Podcast bateu um papo com Dock Elo, criador desta arte em Brumado

Trabalhadores do comércio de Brumado e Região tem direito no Benefício Social e já podem aproveitar

Chuva de granizo atinge cidade de Mucuri, no extremo sul baiano

TCM adverte Prefeitura de Brumado por irregularidades em licitação da limpeza pública

Grupo operativo da Ouvidoria Cidadã de Brumado toma posse na Defensoria Pública Estadual

Termômetros podem marcar 10 graus nos próximos dias no Sudoeste da Bahia

Bahia: Secretário da Segurança Pública defende descriminalização da maconha

TSE e Telegram formalizam acordo para combate às fake news

Criança é encontrada viva depois de passar dois dias dentro de buraco na Bahia

Polícia desarticula esquema que abria contas bancárias em nome de terceiros na Bahia

Petistas de Brumado participam de PGP em Guanambi


Jovem denuncia padrasto por tortura e estupro contra ela e a mãe

Foto: Reprodução l Redes Sociais

Uma jovem de 21 anos que mora no município de Camaçari, usou as redes sociais para denunciar que ela e a mãe foram violentadas e torturadas durante anos pelo padrasto. O homem foi preso no dia 13 de fevereiro e, segundo a Polícia Civil, nega as acusações. Eva Luana da Silva relatou em cinco posts no Instagram que o "caos" teve início quando ela estava com 12 anos. Ela conta que a mãe era constantemente vítima do companheiro e que, depois, passou a ser alvo dele também. "Minha mãe era agredida, abusada, violada e torturada quase todos os dias. Meu padrasto era obsessivo e ciumento com ela. Resumindo de uma maneira geral, ela era agredida com chutes, joelhadas, objetos. Era abusada sexualmente de todas as formas possíveis", contou a jovem. A polícia civil de Camaçari, disse que a jovem prestou depoimento no dia 30 de janeiro. A mãe dela também falou com a polícia e confirmou as denúncias da filha. Segundo o G1, Eva diz que está sob proteção judicial. Após as postagens, recebeu várias mensagens de apoio nas redes sociais. A jovem ainda relatou que era obrigada a fazer trabalhos de faculdade para o padrasto. "Se eu não fizesse perfeito, eu pagava o preço. Eu também respondia todas as provas da faculdade, era obrigada a sair mais cedo da minha aula pra responder às provas dele pelo celular. Existiam castigos e punições pra tudo. Até mesmo se eu não pagasse uma conta no banco que estava super lotado, mesmo tendo horários no trabalho ou estágio". Conforme o G1, no fim da denúncia, a jovem faz um apelo ao Estado. "Eu sou apaixonada pela vida e pela liberdade, eu pulei fases, pulei etapas, não tive adolescência, nem infância... Ele não pode sair impune, a justiça tem que ser feita o quanto antes. Estado, não falhe comigo novamente". Em nota, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) informou que ofereceu denúncia contra o suspeito no dia 11 de fevereiro, por todos os crimes narrados pela vítima. O Ministério Público informou também que solicitou medida de busca e apreensão de provas contra o suspeito, que cumprida no mesmo dia da prisão dele. O processo penal está em segredo de justiça por força de lei, informou o MP-BA.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário