ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

PM acaba com festa de 'paredão' e apreende equipamento de som em Brumado

SSP-BA aponta queda de 62,5% de número de latrocínios em agosto

Brumado: Jovem morre em colisão entre moto e carro no bairro Santa Tereza

Brumado confirma 16º óbito por coronavírus e quase 200 casos ativos da doença

Bahia: PRF apreende tabletes de cocaína estampados com foto de Pablo Escobar

Brumado: Município registra 34 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h

Brasil chega a 140 mil mortes e casos da Covid-19 em 24h tem leve queda

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

LAB: Vamos cuidar daqueles que amamos

Rui autoriza retomada do transporte coletivo intermunicipal em toda a Bahia

Covid-19: Pandemia não impede campanha 'corpo a corpo' entre candidatos em Brumado

Brumado: Há 14 anos filha procura por mãe que separou do pai quando ela ainda tinha 12 anos

BA-148: Motorista fica ferido após colisão entre carro e caminhão em Livramento de Nossa Senhora

BA-262: Queimada às margens de rodovia chama a atenção de motoristas, veja


Artistas brasileiros 'Os Gêmeos' fazem arte lamentando tragédia em Brumadinho

(Reprodução: Instagram)

Pelo Instagram, a dupla de artistas brasileiros Gustavo e Otávio Pandolfo, mais conhecidos como Os Gêmeos, lamentou a tragédia em Brumadinho através da arte. Os dois, que são conhecidos no mundo todo pela produção de painéis e por suas técnicas de pintura, desenho e escultura, produziram uma imagem que simboliza o episódio no Brasil. Banhados pelo barro, aparecem como protagonistas da imagem uma família. O pai e o cachorro, soterrados até o pescoço, choram junto à mãe, que segura nos braços um bebê. Ao fundo é possível ver ainda as casas engolidas e alguns animais mortos.  Três anos após o rompimento de uma barragem em Mariana, no Estado de Minas Gerais, um novo desastre ambiental tomou conta dos noticiários brasileiros na tarde desta sexta-feira (25). Desta vez, o palco da tragédia foi a cidade de Brumadinho, também no interior do Estado. Além do rastro de lama que deixou um número de casas e imóveis completamente destruídos, o número de pessoas desaparecidas ainda é incerto. Sete mortes foram confirmadas até o momento e o caso ganhou imediatamente repercussão internacional.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário