ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

CDL de Brumado comemora retomada da economia em feriado do 'Dia dos Pais'

Anvisa autoriza segunda dose da vacina da Oxford contra a Covid-19 em voluntários

SAC de Brumado passa por desinfecção contra o coronavírus

Nº de mortes causadas pela Covid-19 em Vitória da Conquista mais que triplica em intervalo de um mês

Covid-19: Vacinação em massa pode apresentar dificuldades por falta de seringas no Brasil

Brumado: Com apoio da RHI Magnesita, família ganha nova casa e sede da Associação de Lagoa dos Algodões é reformada

Bahia registra 1.628 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Bahia: No primeiro semestre de 2020, 6,77% das crianças nascidas foram registradas sem o nome do pai

Gel Sol: Uma empresa especializada em renovar o seu Consumo de Energia!

Brumado ultrapassa 3 mil notificações da Covid-19, o novo coronavírus

'Babas' de fim de semana continuam ativos na zona urbana e rural de Brumado

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!

Entregador vítima de racismo em SP ganha moto nova e mais de R$ 125 mil em vaquinha

Pandemia do coronavírus vai custar R$ 700 bilhões no Brasil

PRF apreende 12 mil pares de tênis falsificados em Conquista

Comunicado Pax Nacional

Brumado registra 3 novos casos de coronavírus; total chega a 566

LAB: Feliz dia dos Pais

Município de Brumado ultrapassa 500 pacientes curados do coronavírus

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado


Artistas brasileiros 'Os Gêmeos' fazem arte lamentando tragédia em Brumadinho

(Reprodução: Instagram)

Pelo Instagram, a dupla de artistas brasileiros Gustavo e Otávio Pandolfo, mais conhecidos como Os Gêmeos, lamentou a tragédia em Brumadinho através da arte. Os dois, que são conhecidos no mundo todo pela produção de painéis e por suas técnicas de pintura, desenho e escultura, produziram uma imagem que simboliza o episódio no Brasil. Banhados pelo barro, aparecem como protagonistas da imagem uma família. O pai e o cachorro, soterrados até o pescoço, choram junto à mãe, que segura nos braços um bebê. Ao fundo é possível ver ainda as casas engolidas e alguns animais mortos.  Três anos após o rompimento de uma barragem em Mariana, no Estado de Minas Gerais, um novo desastre ambiental tomou conta dos noticiários brasileiros na tarde desta sexta-feira (25). Desta vez, o palco da tragédia foi a cidade de Brumadinho, também no interior do Estado. Além do rastro de lama que deixou um número de casas e imóveis completamente destruídos, o número de pessoas desaparecidas ainda é incerto. Sete mortes foram confirmadas até o momento e o caso ganhou imediatamente repercussão internacional.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário