ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Petrobras sobe novamente preços da gasolina e do diesel

Brumado: OAB vai acionar prefeito na Justiça após decreto que liberou uso de máscaras

Brumado: Colisão lateral entre veículo de passeio e moto deixa dois feridos na BA-148

Motociclista de 42 anos morre em acidente na BA-148

Brumado: Venha conhecer a loja Império Utilidades

Obras da Fiol entre Ilhéus e Caetité vai gerar até 60 mil novos empregos

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia

Após EUA transplantar rim de porco para paciente com morte cerebral, Brasil deve iniciar testes

Conheça o kit 'Barriga Tanquinho' de Marcelo Esportes

Governo Federal diz que não interferirá em preços de combustíveis

A Pax Nacional tem credibilidade e compromisso comprovado, não aceite imitações

Governo da Bahia assina contrato de R$ 53 mi para colocar presídio de Brumado em funcionamento

RotSat: Conheça o nosso site com 'Menu' de acesso rápido

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Homem apontado como mandante da morte de médico em Barra se entrega à polícia

Bahia: Chuvas ajudam na redução de incêndios florestais na Chapada Diamantina

Operação constata desmatamento ilegal em cerca de 589 hectares na Bahia

Trem carregado com cimento descarrila em área residencial de Brumado

Brumado: Mulher que tentou matar a filha envenenada com chumbinho foi presa após condenação da Justiça


Após vencer o câncer e perder uma perna, adolescente busca recursos para aquisição de prótese

Foto: Reprodução l Redes Sociais

Os 14 anos de idade fazia dela ainda uma pré-adolescente, mas o câncer a “obrigou” a lutar como um adulto. Os brinquedos que deviam fazer parte da infância da caculeense Aynara Pereira Neves muitas vezes tiveram que ser substituídos por tratamentos de radioterapia e quimioterapia. Foram dois anos de combate, mas a boa notícia apareceu, a cura. Hoje, com 16 anos, a adolescente compartilha a história dela nas redes sociais. A família também compartilhou sobre como foi “respirar a doença”. Aynara relembrou que apesar de ser criança na época que se deparou com o câncer, ela sabia que estava doente e que precisava de tratamento para melhorar. Ela havia sido diagnosticada com Osteosarcoma - que é um tipo o mais comum de cancro que afeta o osso e envolve as pilhas anormais do osteoblast, que são responsáveis para a construção do osso. “Não entendia muito bem o que era o câncer, mas sei que foi difícil conviver com a doença, pois todos me tratavam diferente. Sei que o câncer exigia um cuidado especial, mas eu sempre soube que tinha coisas que crianças saudáveis faziam que eu não poderia fazer”, contou. Moradora da comunidade de Várzea Grande, zona rural de Caculé, Aynara teve como sequela do tratamento a amputação da pena esquerda e, agora que já finalizou a quimioterapia, busca recursos para comprar uma prótese que custa  cerca de  R$ 10 mil reais. "Quero ter uma vida normal como toda garota da minha idade", disse. Familiares e amigos estão organizando um leilão beneficente que será realizado no dia 02 de fevereiro, as 19h30 na Fazenda Lázaro, residência do avô de Aynara. O leilão tem como objetivo arrecadar recursos para ajudar na aquisição da prótese. As contribuições para que a jovem Aynara consiga comparar a prótese também podem ser feitas por meio de depósito ou transferência bancária na Conta Corrente: 0016288-4, Agência: 3092-9 (Banco Bradesco) em nome de Regina de Jesus Pereira, CPF: 808.496.285-04. Informações: (77) 98121-0217. Colabore com esta causa.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário