ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Policlínica municipal de saúde será transferida para a sede da Upa 24h

Paramirim: Motorista de 41 anos morre em acidente na BA-152

No exterior, Rui Costa tenta atrair projeto de energia renovável para indústria baiana

Dois foragidos que viajavam em ônibus são presos pela PRF em Vitória da Conquista

Rede estadual tem aulas 100% presenciais nesta segunda-feira (18)

Prefeitura de Brumado pretende doar terreno para construção de hospital particular

Pax Nacional promove nesta segunda-feira (18) a 'Festa das Crianças'

Brumado: Em outro ângulo, câmera registra grave acidente na BR-030; veja

Conheça o kit 'Barriga Tanquinho' de Marcelo Esportes

Conquista: Com ajuda de cão farejador, PRF encontra maconha levada em ônibus

RotSat: Conheça o nosso site com 'Menu' de acesso rápido

Brumado: Acidente seguido de engavetamento na BR-030 deixa um morto e vários feridos

Itabuna: Criança morre e homem fica ferido após queda de muro de um colégio

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Covid-19: cai de 12 para 8 semanas prazo entre as doses da AstraZeneca

Presidente da Alba assume interinamente o governo da Bahia após viagem de Rui e Vice

MP-BA recomenda que Guanambi desalugue prédio da Cultura após erros em licitação

Brumado tem 100,3% de doses aplicadas na população acima de 12 anos vacinada com a primeira dose


Brumado: Moradores culpam empresa vencedora de licitação por não ter iniciado as obras de recuperação da Cleóbulo Meira Leite

As obras ainda não se iniciaram e a preocupação dos moradores é cada vez maior (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

A novela envolvendo a recuperação da Av. Cleóbulo Meira Leite, conhecida como antiga estrada do Esconso, que já teve muitos capítulos, ainda parece bem distante do final, pois, quando se encaminhava para o seu epílogo, com a realização da licitação há cerca de 4 meses atrás, que teve uma empresa vencedora para a realização dos serviços, a mesma, até o momento, segundo os moradores, não realizou nada. Com orçamento em cerca de R$ 700 mil, as obras são um dos grandes anseios da comunidade, já que a referida via está totalmente esburacada e com sua trafegabilidade extremamente prejudicada. Diante desse impasse, os moradores estão cada vez mais preocupados, pois estão temendo que as verbas possam retornar ao governo do estado, que é o responsável pelas obras. Segundo o representante dos moradores, o radialista Marquito Gomes “a preocupação é cada vez maior, pois com os sucessivos anúncios de que o governo da Bahia está sem dinheiro tememos que as verbas possam retornar e a obra não ser feita”. Ele ainda destaca que “a situação é muito mais complexa do que se imagina, ainda mais que a vida humana está em risco, pois com as péssimas condições da via, o risco de acidentes é muito grande”. Os moradores esperam contar com o bom senso da empresa para que ela iniciei o quanto antes as obras.

A situação de precariedade é notória (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário