ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Covid-19: cai de 12 para 8 semanas prazo entre as doses da AstraZeneca

Presidente da Alba assume interinamente o governo da Bahia após viagem de Rui e Vice

MP-BA recomenda que Guanambi desalugue prédio da Cultura após erros em licitação

Brumado tem 100,3% da população acima de 12 anos vacinada com a primeira dose

Bahia: Menino de 11 anos cria simulador para jogos de celular com materiais recicláveis

SSP-BA recebe empresas para contratação de câmeras corporais

Psicóloga Paula Machado aborda o tema: Sabemos lidar com as perdas?

Brumado: Um ano depois, 'funileiro' termina veículo inspirado no modelo WT

Operação Nossa Senhora Aparecida: PRF apreende cerca de R$ 2,5 milhões em drogas nas estradas da Bahia

Brumado: Após bloqueio de moradores, SMTT remove pneus de via no Apertado do Morro

Bahia: No combate a violência doméstica e tráfico de drogas, Polícia deflagra ação no interior

Brumado: Presidente da Câmara é vítima de fake news e denuncia crime à Polícia Cívil

STF derruba lei que liberava venda de remédios para emagrecer

Salvador: PM apreende armamento e drogas durante evento de paredão

Durante live, Bolsonaro volta a defender 'kit covid'

Bahia: Cerca de 14 mil processos de suspensão de CNHs serão arquivados

Brumado: Sindsemb homenageia os professores com mensagem de agradecimento e valorização

STJ autoriza retorno de Maurício Barbosa ao cargo de delegado da PF

Major Leila Silva realiza visita institucional a presidente da Câmara de Brumado

Brumado: TOR apreende produtos eletrônicos sem nota fiscal na BR-030


Aposentada brumadense mantém há 6 décadas a tradição dos presépios

O presépio de Dona Lindaura é um dos mais famosos da região (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

Existem algumas tradições culturais e religiosas que são mantidas graças a abnegação e os esforços de pessoas que, por meio da fé, conseguem feitos dignos de reconhecimento. Em Brumado um desses grandes exemplos é da aposentada Lindaura Oliveira Soares (81) que há 59 anos mantém firme a tradição dos presépios. Ela transforma a varanda de sua residência num grande espaço de visitação, onde pessoas de toda a região, inclusive de outros estados, vêm conhecer o seu presépio que se desenvolvimento muito nessas 6 décadas. Segundo ela tudo nasceu de uma promessa que ela fez ao ver seu marido chegar em casa num estado etílico exagerado, onde ela fez um voto de que enquanto tivesse viva iria montar o seu presépio. Neste ano de 2018, a aposentada mostra um preocupação, já que quer que o seu legado continue por meio de um de seus 13 filhos. “Espero que um dos meus filhos não deixe morrer essa tradição, pois o nosso presépio é um marco religioso aqui em Brumado, tanto que várias pessoas vêm até aqui fazer orações e preces ao Menino Jesus”, expressou. E ainda destacou que “a fé sempre me motivou e Deus sempre me honrou e quero que isso continue”.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário